Perspetivas
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Eleição do novo papa

Não tenhamos medo de amar a Igreja do presente e aquela que gostaríamos que fosse no futuro

Quando fiz reportagem no Vaticano dos conclaves de 1978, que elegeu João Paulo II, e de 2005, com a escolha de Bento XVI, não faltavam “adivinhações” dos jornalistas. Alguns citavam circunspectos dossiês de estudiosos que sonhavam influenciar os cardeais eleitores, indicando-lhes as reformas mais urgentes na Igreja.

Em síntese, naqueles tempos, sobretudo em 1978, as propostas que o novo Papa deveria ter na agenda, logo nos seus 100 dias de pontificado, eram as seguintes: abolir as nunciaturas; fazer eleger os bispos nas respetivas regiões eclesiásticas; conferir poderes deliberativos aos sínodos dos bispos; instituir no vértice da Igreja um órgão colegial que, sob a presidência pessoal e efetiva do Papa, tratasse, pelo menos duas vezes por semana, os problemas que se põem à Igreja no seu conjunto, tomando as decisões oportunas.

Em destaque estava ainda libertação do medo da revolução sexual, renovando a moral cristã nesse campo.

Propostas idênticas voltaram a emergir em 2005, quando foi eleito Bento XVI.

João Paulo II e Bento XVI não seguiram tais conselhos.

Nada disso impede que idênticos sonhos se projetem agora para o novo conclave.

Logo à cabeça, a reforma da Cúria romana, mudando a ideia e a prática de governo pela de serviço.

Respeito pelo princípio da subsidiariedade, que a Igreja tanto recomenda à sociedade civil, sem o aplicar dentro de casa, como já defendia Pio XII, sem menosprezo da sua estrutura hierárquica.

O exercício da autoridade na Igreja funciona mal quando não se respeita a colegialidade. O poder deve ser um carisma de serviço. Não é bom bispo ou bom padre aquele que não sabe estimular todos os dons do povo de Deus, na diversidade vocacional e ministerial.

FotoCardeal francês Paul Poupard, primeiro presidente do Pontifício Conselho da Cultura. Vaticano, 7.3.2013. Foto: REUTERS/Alessandro Bianchi

Mais do que discutirmos se o Concílio Vaticano II deve ser interpretado na hermenêutica da continuidade ou da descontinuidade, será importante redescobri-lo como quem encontra o seu tesouro. A pedra preciosa pode ser a função eclesial da Teologia, que não tem de dar a ideia que perdeu vitalidade e criatividade ou se enreda nos aparentes ou reais conflitos com o magistério eclesial, universal ou local.

O peso europeu ou americano não pode esmagar a Igreja emergente nos países em vias de desenvolvimento, onde os cristãos não sofrem os males do secularismo e estão a crescer.

Moral da história deste apontamento ligeiro, mais virtual do que real: na expectativa da eleição do novo Papa, é natural que nos interroguemos para onde vai a Igreja e para onde é que nós queremos ir.

A Igreja não é uma corporação, mas um corpo vivo cuja vitalidade se exprime na comunhão do Espírito. Não tenhamos medo de amar a Igreja que somos no presente, a que gostaríamos que ela fosse já e no futuro, correspondendo mais e melhor àquela que Deus mais gosta que ela seja.

FotoO cardeal francês Philippe Barbarin percorre de bicicleta a Praça de São Pedro, no Vaticano, após uma reunião do Colégio Cardinalício. 6.3.2013. Foto: AP Photo/Alessandra Tarantino

 

Cón. Rui Osório
In Voz Portucalense, 6.3.2013
07.03.13

Redes sociais, e-mail, imprimir

FotoCardeal português José Saraiva Martins
na Praça de São Pedro, no Vaticano, após reunião do Colégio Cardinalício que antecede o conclave para a
eleição do sucessor de Bento XVI
7.3.2013
Foto: AP Photo/Alessandra Tarantino

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados
Conclave / Eleição do novo papa
Vaticano: os lugares do conclave | IMAGENS |
Vaticano: as etapas que se seguem até à eleição do sucessor de Bento XVI | IMAGENS |
Como se elege o papa | IMAGENS |

Renúncia de Bento XVI
Bento XVI: na contramão de um catolicismo que prefere o poder ao serviço
Vaticano seleciona 60 fotografias e 60 frases que marcam o pontificado de Bento XVI | IMAGENS |
«Caminhemos juntos com o Senhor para o bem da Igreja e do mundo»: o último pedido do papa Bento XVI | IMAGENS |
A última audiência de Bento XVI: espiritualidade e missão [ IMAGENS + VÍDEO ]
Ler Bento XVI e João Paulo II à luz das suas biografias | IMAGENS |
Humildade: a encíclica de Bento XVI na hora da despedida
Bento XVI soube entrar, estar e sair
«O Senhor chama-me a subir ao monte, para me dedicar ainda mais à oração», diz Bento XVI
Beleza e verdade: Bento XVI concluiu último retiro de Quaresma enquanto papa
«O maior risco» do cristianismo é o da sua «exculturação»
Diretor da Faculdade de Teologia elogia ação de Bento XVI na conciliação entre fé e razão e na abertura à arte e cultura
Renúncia de Bento XVI: É «curioso» como «uma instituição em alegado declínio» merece as atenções do mundo
Lídia Jorge destaca «chamamento fraterno» que Bento XVI dirigiu «às pessoas da Cultura»
Cultura e diálogo com não crentes marcaram pontificado de Bento XVI, diz presidente do Pontifício Conselho da Cultura
Milhares agradecem a Bento XVI
Programa "Prós e Contras" debate resignação de Bento XVI
Bento XVI começa retiro da Quaresma com pregação sobre Salmos orientada pelo presidente do Pontifício Conselho da Cultura
Eduardo Lourenço: Bento XVI restituiu «o sentido e o esplendor da única eternidade que conta aos olhos de um cristão»
«Com Bento XVI reaprendi a ouvir e a reconhecer a voz da Igreja entre os pensadores e os artistas»
«Segredo» de Bento XVI para ser escutado fora da Igreja foi ter sabido dialogar e recorrer à razão sem se fechar nela, diz presidente da Comissão Episcopal da Cultura
Bento XVI e João Paulo II: decisões diferentes, a mesma fidelidade
Bento XVI abriu «novas perspetivas à relação do discurso católico com a modernidade», diz Francisco Assis
Obras de Bento XVI são «património inestimável para crentes e não crentes», diz Zita Seabra
Bento XVI desbravou «novas dimensões de diálogo estético e ético» e acentuou importância da arte na relação com Deus
Bento XVI presidiu à missa de Quarta-feira de Cinzas pela última vez enquanto papa | IMAGENS |
Próximo papa deve continuar «trabalho notável» de Bento XVI no diálogo da Igreja com a cultura, diz bispo de Bragança
«Qual a presença da Igreja no cinema? E na televisão? E nas fontes da cultura juvenil?», pergunta bispo auxiliar de Braga
Bento XVI e a Quarta-feira de Cinzas, princípio da Quaresma
Bento XVI: figura «ímpar» do pensamento que destruiu todos os preconceitos
Bento XVI: figura «ímpar» do pensamento que destruiu todos os preconceitos
Bento XVI: cronologia do pontificado
Discurso de Bento XVI ao mundo da cultura, em Lisboa | IMAGENS |
Ação de Bento XVI fica marcada pela «renovação» da doutrina da Igreja «no diálogo com as diferenças», considera presidente do Centro Nacional de Cultura
Resignação de Bento XVI revela «grande amor à Igreja», diz diretor da Pastoral da Cultura
«O mistério está todo na infância»: o poema de José Tolentino Mendonça para Bento XVI
Bento XVI anuncia resignação
Bento XVI: 85 anos, 85 imagens

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página