Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

16.ª Jornada Nacional da Pastoral da Cultura: A condição precária

> Apresentação
> Intervenientes
> Programa
> Perguntas e respostas
> Inscrição

 


  APRESENTAÇÃO  

 

A segunda década do presente século foi vivida - em Portugal, a Ocidente e por todo o mundo - sob o signo da crise económica, social e política, agravada nos últimos anos pelos efeitos da crise sanitária, a que presentemente se veio juntar a calamidade da guerra na Europa. Um dos estigmas mais fundos e lacerantes dessa grave situação de crise reside na situação de precariedade, tantas vezes redundando em experiência limite de desemprego e de abandono, até à dificuldade extrema de subsistência física e de resistência anímica.

Nem as diversas áreas da vida cultural ficaram imunes a tal precariedade, nem a vida cristã de comunidade se alheou das suas causas e das suas exigências - sentindo-se profundamente interpelada e procurando reagir coerentemente.

Por consequência, tornou-se imperativo que a Jornada Nacional de Pastoral da Cultura 2022 elegesse para sua temática a nossa comum condição precária - numa tripla escala de problema social (laboral, económico, político), de questão cultural e de perspetiva cristã.

Assim, propomos que no próximo dia 28 de maio, sem desconsiderar de modo algum a importância humana e a responsabilidade cristã perante a experiência em chaga viva daquele problema, possamos ir além das causas conjunturais e dos remedeios epidérmicos, para já aí nos enfrentarmos cristãmente com o precário como categoria existencial do humano, mas também para logo pensarmos essa mesma categoria do precário no coração do processo cultural e para daí subirmos ao horizonte da mesma categoria na condição cristã do ser humano.

Para nos induzirem a pensar e para nos co-moverem virão até nós figuras marcantes da sociedade, da cultura e da Igreja em Portugal: primeiro, o testemunho inquietador de Rui Spranger e Eugénia Quaresma, mais a reavaliação de António Bagão Félix; de seguida, o encontro lírico com apelos do "caminho", com Manuel Afonso Costa e outros poetas, entre Pasolini e Card. Newman; depois, a questionação de Valter Hugo Mãe e de Isabel Lucas, mais a reflexão de Eduardo Paz Barroso; finalmente, a espiritualidade da condição precária, com Card. José Tolentino Mendonça a conduzir-nos pelas veredas da consciencialização e atualização da vida cristã perante a precariedade que nos é inerente.

A inscrição deve ser feita no formulário incluído nesta página.

 


  INTERVENIENTES  

 

Imagem

Eduardo Paz Barroso
Professor, poeta, ensaísta

Imagem

António Bagão Félix
Economista

Imagem

Isabel Lucas
Escritora, jornalista

Imagem

Valter Hugo Mãe
Escritor, editor, artista plástico

Imagem

Card. José Tolentino Mendonça
Bibliotecário e Arquivista da Santa Sé, poeta, ensaísta

Imagem

Eugénia Quaresma
Diretora da Obra Católica Portuguesa de Migrações

Imagem

Rui Spranger
Ator, encenador, animador cultural

 

 


  PROGRAMA  

 

9h00
Acolhimento, confirmação de inscrição

10h00
Abertura
D. João Lavrador | Presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
José Carlos Seabra Pereira | Diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura

10h15
Painel 1 + Diálogo com o público
António Bagão Félix | Economista
Eugénia Quaresma | Diretora da Obra Católica Portuguesa de Migrações
Rui Spranger | Ator, encenador, animador cultural

11h45
Intervalo

12h00
Poética do caminho
Manuel Afonso Costa | Poeta, ensaísta

12h30
Almoço

14h00
Painel 2 + Diálogo com o público
Eduardo Paz Barroso | Crítico de arte, comissário de exposições, ensaísta
Isabel Lucas | Professor, poeta, ensaísta
Valter Hugo Mãe | Escritor, editor, artista plástico

15h30
Espiritualidade da condição precária
Card. José Tolentino Mendonça | Bibliotecário da Biblioteca Apostólica do Vaticano, arquivista do Arquivo Apostólico do Vaticano, poeta, ensaísta
Intervenção em vídeo previamente gravado

 


  PERGUNTAS E RESPOSTAS  

 

Quando se realiza a Jornada?
28 de maio de 2022 (sábado).

 

Onde se realiza?
Fátima.
Aurea Fátima Hotel.
Av. de Dom José Alves Correia da Silva, 279.
A 1 minuto a pé do Terminal Rodoviário de Fátima.
Com estacionamento automóvel gratuito dentro das instalações do hotel (sujeito à lotação do parque).


 

Quem pode participar na Jornada?
Todas as pessoas interessadas.

 

Como posso inscrever-me na Jornada?
Através da internet.
- Preencha o formulário (ver abaixo).
- Após o preenchimento, aparece, no próprio formulário, a confirmação da inscrição.
- No dia da Jornada, dirija-se ao secretariado, entre as 9h00 e as 10h00, e indique o seu nome; a inscrição é formalizada com o respetivo pagamento (12,00 € por pessoa - com almoço; 5,00 € - sem almoço).

 

Como poderei pagar a inscrição, caso almoce?
No dia da Jornada (28 de maio), entre as 9h00 e as 10h00, através de numerário (de preferência com a quantia certa) ou cheque ao portador.

 

Quero inscrever-me mas não poderei estar presente durante toda a Jornada. Quanto devo pagar?
Se almoçar no Aurea Fátima Hotel, a inscrição é de 12,00 €, independentemente do número de horas que vai estar na Jornada.

 

Além da inscrição na Jornada, pretendo pernoitar de sexta-feira para sábado (e/ou de sábado para domingo) no Aurea Fátima Hotel. Podem fazer essa reserva?
As reservas de alojamento devem ser feitas pelos interessados. O Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura só organiza as inscrições na Jornada.

 

Gostava de participar mas não me inscrevi. Posso estar presente?
Sim, pode inscrever-se no próprio dia, no Aurea Fatima Hotel, até às 9h45. Mas evite esta opção, para que possamos comunicar o número de presenças e almoços aos serviços do hotel.

 

Fiz a pré-inscrição pela internet mas não posso estar presente. Devo comunicar a desistência?
Sim, por favor, até 22 de maio, dado que precisamos de informar com antecedência o Aurea Fátima Hotel sobre o número de presenças e almoços. Para nos comunicar a desistência, envie um e-mail para cultura@snpcultura.org, indicando o seu nome.

 

Mais perguntas?
Dirija-as para o nosso endereço eletrónico (cultura@snpcultura.org).

 


  INSCRIÇÃO  

 

Não envie o formulário sem ter certeza de que pode participar na Jornada.

Releia as informações que inseriu antes de carregar na tecla "Submeter"/"Submit".

Depois do correto preenchimento e envio dos dados, o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da inscrição.

 



 

Imagem



SNPC
Imagens: Topo: EvaP/Bigstock.com
Atualizado em 16.05.2022

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos