Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Jornada Nacional da Pastoral da Cultura debate precariedade na espiritualidade, arte, economia, migrações

O cardeal José Tolentino Mendonça encerra a 16.ª Jornada Nacional da Pastoral da Cultura, dedicada ao tema “A condição precária”, que decorre, presencialmente, em Fátima, a 28 de maio, com organização do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura. As inscrições podem realizar-se a partir de hoje através da internet.

A intervenção do arquivista e bibliotecário do Vaticano, previamente gravada, segue-se a dois painéis, ao vivo, com personalidades do mundo da economia, migrações, arte e cultura, que entre eles contarão com o momento denominado “Poética do caminho”.

«Um dos estigmas mais fundos e lacerantes» das múltiplas crises que atravessam o mundo «reside na situação de precariedade, tantas vezes redundando em experiência limite de desemprego e de abandono, até à dificuldade extrema de subsistência física e de resistência anímica», assinala o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

No texto de lançamento do Encontro, José Carlos Seabra Pereira observa que «nem as diversas áreas da vida cultural ficaram imunes a tal precariedade, nem a vida cristã de comunidade se alheou das suas causas e das suas exigências - sentindo-se profundamente interpelada e procurando reagir coerentemente».

O desafio lançado aos intervenientes na Jornada é que possam «ir além das causas conjunturais e dos remedeios epidérmicos», debatendo a precariedade «como categoria existencial do humano», mas também para a pensar «no coração do processo cultural».

«Para nos induzirem a pensar e para nos co-moverem virão até nós figuras marcantes da sociedade, da cultura e da Igreja em Portugal: primeiro, o testemunho inquietador de Rui Spranger e Eugénia Quaresma, mais a reavaliação de António Bagão Félix; de seguida, o encontro lírico com apelos do "caminho", com Manuel Afonso Costa e outros poetas, entre Pasolini e Card. Newman; depois, a questionação de Valter Hugo Mãe e de Isabel Lucas, mais a reflexão de Eduardo Paz Barroso; finalmente, a espiritualidade da condição precária, com Card. José Tolentino Mendonça a conduzir-nos pelas veredas da consciencialização e atualização da vida cristã perante a precariedade que nos é inerente», refere José Carlos Seabra Pereira.

O programa, informações e formulário de inscrição estão na seguinte página: https://bit.ly/3vYQIdI.



Imagem



 

Rui Jorge Martins
Imagem: Tatiana Terekhina/Bigstock.com
Publicado em 10.05.2022 | Atualizado em 09.06.2022

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos