Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

“Procura-se amigos e lavadores de pés” é o novo livro do cardeal Seán O’Malley

“Procura-se amigos e lavadores de pés” é o novo livro do cardeal Seán O’Malley, próximo do papa Francisco, que o colocou à frente da Comissão Pontifícia para a Proteção dos Menores e o incluiu no restrito grupo cardinalício criado para pensar as reformas da cúria romana.

Prefaciada por D. José Tolentino Mendonça, a obra do prelado norte-americano, atualmente arcebispo de Boston, e que desde há mais de 40 anos tem estabelecido contactos e afetos com a comunidade portuguesa nos EUA, vai ser lançada este mês pela Paulinas Editora.

O autor escreve «não tanto a partir de elucubrações de natureza espiritual, mas mais de testemunhos bem palpáveis (do seu presbitério), da aplicação do Evangelho professado ao campo da sua intervenção como pastor e orientador de pastores», lê-se na nota de apresentação, enviada hoje ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

O volume (216 páginas, 14,50 €) apresenta um «conteúdo riquíssimo de reflexão teológica, de uma teologia intrinsecamente associada à atitude de humildade, característica da condição do orante e servidor, ou seja, daquele que, perante a Beleza de Deus, só pode acomodar-se “de joelhos” aos pés dos que serve».

O franciscano capuchinho propõe um texto «polvilhado de humor carregado de condimentos bem reais e humanos, da irrisão das coisas do dia a dia, o que o torna agradável à leitura, mas interessante ao entendimento das coisas sérias do mundo».

D. Seán O’Malley, que está em Portugal até sexta-feira para orientar o retiro do episcopado português, iniciado na segunda-feira em Fátima, foi agraciado em 1985 com a comenda da Ordem Infante D. Henrique, como reconhecimento pelo trabalho junto da comunidade de lusodescendentes.

Em 2016 foi condecorado pelo presidente Marcelo Rebelo de Sousa com a Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique, e em 2018 recebeu o título de doutor “honoris causa” pela Universidade Católica Portuguesa (UCP), evocando o apoio que prestou à instituição.

Antes da entrega da distinção, D. Tolentino Mendonça, ainda como sacerdote, e na qualidade de vice-reitor da UCP, qualificou O’Malley como «um dos protagonistas do catolicismo contemporâneo», tendo destacado «a solicitude pastoral com que acompanha, desde há muitos anos, as comunidades portuguesas dos Estados Unidos, sobretudo no Estado de Massachusetts, primeiramente na Diocese de Fall River e depois da Arquidiocese de Bóston»


 

Rui Jorge Martins
Imagem: Capa | D.R.
Publicado em 14.03.2019

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos