Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Mulheres continuam a ganhar importância no Conselho Pontifício da Cultura

Novas nomeações para o Conselho Pontifício da Cultura e a realização, na próxima semana, de uma iniciativa relacionada com a “Fratelli tutti”, do papa Francisco, são os sinais mais atuais de que continua a crescer a importância das mulheres naquele dicastério do Vaticano.

Esta sexta-feira, a Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou que o pontífice escolheu duas consultoras, provenientes do mundo académico, para o organismo dirigido pelo cardeal italiano Gianfranco Ravasi.

Antonella Sciarrone Alibrandi é professora de Direito da Economia na Faculdade de Ciências Bancárias, Financeiras e Seguradoras da Universidade Católica do Sagrado Coração, de Milão, da qual é pro-reitora.

Este é o segundo compromisso assume junto do Vaticano, depois da noemação, em junho, para membro do Conselho Diretivo da Autoridade de Informação Financeira, organismo do Vaticano para o combate contra a reciclagem e financiamento do terrorismo.

Por seu lado, Alessandra Talamo, que ensina Psicologia Social na Faculdade de Medicina e Psicologia da Universidade “Sapienza”, em Roma, é responsável pelo serviço de Telepsicologia para operadores em contextos de crises humanitárias.

Na próxima quarta-feira, 3 de março, o Conselho Pontifício da Cultura realiza a segunda iniciativa do projeto “As mulheres leem o papa Francisco”, com uma sessão dedicada à sua mais recente encíclica.

O programa prevê um painel com mulheres que falarão sobre o texto segundo as suas perspetivas de fé, a partir das suas pertenças religiosas: islâmica, budista, hinduista, judaica e católica, bem como de acordo com uma visão ecuménica.

Estão igualmente anunciadas intervenções de embaixatrizes junto da Santa Sé: Argentina, Áustria, Reino Unido, França, Paises Baixos, Peru e Timor Leste, assim como da presidente da Consulta Feminina do Conselho Pontifício da Cultura.

A representante do Alto-Comissariado para a Fraternidade Humana e dos cardeais que presidem ao Conselho Pontifício da Cultura e do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso também comentarão a encíclica.

A primeira sessão de “As mulheres leem Francisco” decorreu a 7 de outubro, tendo sido dedicada à encíclica “Evangelii gaudium” e a um comentário à sabedoria feminina a Hildegarda von Bingen, santa e doutora da Igreja.

A Consulta Feminina do Conselho Pontifício da Cultura, cuja origem remonta a 2015, é composta por vinte mulheres de diferentes confissões religiosas e não crentes, que apresentam pareceres e propostas, envolvendo-se também em termos executivos em algumas iniciativas do dicastério.


 

Rui Jorge Martins
Fontes: Sala de Imprensa da Santa Sé, Avvenire, Conselho Pontifício da Cultura
Imagem: "Lolotte (Cabeça de uma mulher com chapéu" (det.) | Amedeo Modigliani | 1916
Publicado em 27.02.2021

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos