Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Imagem de enfermeira em destaque no presépio de Assis

O presépio instalado na praça da basílica de S. Francisco de Assis, santo que está na origem da representação cénica do nascimento de Jesus, tem este ano em lugar central a imagem de uma enfermeira.

Inaugurado a oito de dezembro, juntamente com a árvore de Natal, o presépio evocativo do trabalho e sacrifício dos agentes de saúde durante a pandemia, apresenta, próximo de Maria, S. José e da manjedoura, a imagem, em tamanho natural, de uma enfermeira.

A cidade italiana vai ser igualmente cenário de um presépio imaginário, graças a um jogo de luzes e videoprojeções nas fachadas da basílica superior de S. Francisco e da catedral de S. Rufino.

Dado que a afluência de peregrinos será menor este ano, os Franciscanos de Assis oferecem uma aplicação para telemóvel, através da qual será possível ver as projeções relativas à anunciação a Maria e à natividade de Jesus, a partir dos belíssimos frescos de Giotto pintados no interior da igreja, unindo tradição e modernidade.

«Também neste ano tão marcado pelo sofrimento, na pandemia, é bom Natal porque o Senhor vem, vem sempre, e faz-nos companhia. Este ano quisemos realizar um presépio muito particular, destacando a beleza da arte de Giotto e torná-la plástica, tornar imersiva esta realidade», explicou o custódio do sacro convento de Assis.

«Nós imergimos neste presépio, e ele imerge-se na nossa humanidade. Ele está presente, Ele está no meio de nós, Ele faz-nos companhia e faz-se companheiro das nossas dificuldades e sofrimentos. É a mensagem do Natal de sempre, e hoje é ainda mais evidente», acrescentou o Fr. Marco Moroni.

A visita de S. Francisco à Palestina ficou-lhe retida na memória, em especial os lugares relativos ao nascimento de Jesus. Em torno a 1209 dirigiu-se a Greccio, hoje Itália, então flagelada por grave carestia, que lhe recordou Belém. Munido de autorização pontifícia, pediu ao senhor do lugar que lhe preparasse uma gruta para a primeva representação cénica da Natividade.















 

Rui Jorge Martins
Fonte: Portal Lecce

Imagem: Enfermeira no presépio de Assis | D.R.
Publicado em 10.12.2020

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos