Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Poesia: Biodiversidade linguística a proteger

A poesia amplifica a vida, ajuda a compreender o mundo para além do quotidiano, sensibiliza os jovens, suaviza a angústia devida à corrida aos bens materiais, permite capturar o instante, é uma linguagem universal como a música e a pintura.

É o que considera o poeta libanês Salah Stétié, questionado pela UNESCO, que a 21 de março destaca o Dia Mundial da Poesia, importante como nunca como este ano e neste momento crítico para a humanidade.

«A poesia realça a nossa comum humanidade, demonstrando que as pessoas em todo o mundo partilham as mesmas perguntas e os mesmos sentimentos», afirmando-se como um ligame entre os povos ao unir as sensibilidades, refere um comunicado da instituição da ONU.

Com este dia, a UNESCO reconhece a capacidade da poesia em refletir o espírito criativo dos seres humanos, e presta homenagem a uma das formas mais antigas e preciosas de expressão.

Praticada em todas as culturas, a poesia fala à humanidade e aos valores comuns, transformando os versos mais simples em poderosos catalisadores para o diálogo e para a paz.

Um dos principais objetivos desta data é, também, apoiar a diversidade linguística e cultural das sociedades através da expressão poética, e oferecer às línguas que arriscam o desaparecimento a possibilidade de serem escutadas.

A iniciativa visa, igualmente, encorajar o regresso à tradição oral dos recitais de poesia, promover o seu ensino, restabelecer o diálogo entre ela e outras artes, apoiar os pequenos editores que se dedicam à poesia, criar uma imagem estimulante da poesia nos meios de comunicação, de maneira a que esta arte não seja considerada obsoleta.

É precisamente para dar maior visibilidade nos meios de comunicação à poesia, honrar os autores, promover e praticar a sua leitura, a escrita e o ensino, que em 1999 foi instituído o Dia Internacional.

As sugestões da UNESCO para este dia são dirigidas sobretudo aos jovens, para que, por exemplo, recolham os versos que mais os toquem, assim como os textos das canções de que gostam; aprendam de cor as poesias dos autores que mais apreciam, um exercício importante para a mente, mas também uma companhia.


 

Anna Lisa Antonucci
In L'Osservatore Romano
Trad.: Rui Jorge Martins
Imagem: © Poesia na Galeria
Publicado em 21.03.2020

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos