Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Eurodeputado Paulo Rangel lança livro "Jesus e a política"

Imagem O dinheiro do tributo (det.) | James Tissot | 1886-1894 | Brooklin Museum, Nova Iorque, EUA | D.R.

Eurodeputado Paulo Rangel lança livro "Jesus e a política"

"Jesus e a política - Reflexões de um mau samaritano" é o título do ensaio do eurodeputado Paulo Rangel que vai ser lançado esta quarta-feira, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa, no Porto.

A apresentação será feita por Jaime Gama, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e presidente da Assembleia da República, e pelo seu filho, João Gama, professor da Faculdade de Direito de Lisboa, com moderação do padre Anselmo Borges, professor da Faculdade de Letras de Coimbra.

«A separação entre religião e política é um legado direto da mensagem de Jesus Cristo. Jesus não tem um projecto político pessoal, não tem ambição, apesar de ser um líder carismático. Jesus não tem um projecto político programático: não há uma ideologia»: estas são três das questões que o autor desenvolve na obra.

De acordo com o resumo que publicou na sua página do "Facebook", Paulo Rangel explica que o livro também responde a uma pergunta: «Se Jesus não tem nem um projeto político, nem um programa político próprio, como se explica que tenha sido perseguido, julgado, condenado e executado pelo poder político e religioso do seu tempo?»

«A minha intenção ao escrever este texto é, no fundo, trazer para a esfera pública o debate sobre as relações entre a religião e a política. É que em Portugal, por razões históricas várias, há um certo tabu em trazer a religião para o debate público», afirmou, citado pelo jornal "Público".

Escrito em três línguas, português, francês e inglês, o ensaio visa «dizer que a religião e a política fazem parte da (...) cultura pública», assinalou Paulo Rangel, acrescentando: «Não tenhamos medo de discutir estas coisas».

O título do volume é o mesmo de um artigo redigido pelo autor no livro "Quem foi, quem é Jesus Cristo", coletânea de textos lançada em 2012 pela editora Gradiva, com coordenação de Anselmo Borges.

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 15.06.2015

 

 
Imagem O dinheiro do tributo (det.) | James Tissot | 1886-1894 | Brooklin Museum, Nova Iorque, EUA | D.R.
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos