Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa prepara texto sobre Dante e Vaticano envolve não-crentes no sétimo centenário da morte

O papa S. Paulo VI publicou, em 1965, o texto “Altissimi cantus”, e agora o papa Francisco está a preparar uma carta apostólica dedicada a Dante, que poderá ser publicada a 25 de março, dia em que o poeta começou a escrever a “Divina Comédia”.

A informação é avançada pelo presidente do Conselho Pontifício da Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, ao recordar as declarações do pontífice argentino por ocasião de uma audiência com a delegação da cidade italiana de Ravena, no contexto do sétimo centenário da morte de Dante, que se assinala em 2021.

«Temos muitas atividades ligadas a esta figura extraordinária. Assinalo duas entre todas: a primeira é uma espécie de viagem, que do Inferno sobe até ao Paraíso. Estamos a estudar um momento de reflexão sobre a “Divina Comédia”, provavelmente em junho, nas catacumbas. É um pouco como descer aos infernos», adiantou o responsável.

O cardeal revela que «escritores e atores, crentes e não crentes» vão reler e interpretar a “Divina Comédia”, a obra mais célebre de Dante, que propõe um itinerário pós-morte pelo Inferno, Purgatório e Paraíso, «propondo uma atualização, também em chave provocatória, de personagens e de passos da obra, escolhidos pessoalmente».

«Em cada estação, um ator recitará um breve monólogo» e propõe «uma reflexão sobre alguns pontos: como serão hoje o Inferno, o Purgatório e o Paraíso? Se Dante vivesse hoje, quais seriam os novos pecados capitais? O amor na “Divina Comédia”: amor carnal e divino. No fim será projetado um filme encontrado na Filmoteca do Vaticano, “O Inferno”, de 1911», afirmou.

Está também prevista uma Carta Apostólica, que se Francisco aceitar a sugestão de Gianfranco Ravasi, terá 25 de março como data de publicação.

«Será uma reflexão sobre a mensagem atual do poeta. O papa, certamente, falará das evocações dos textos dos pontífices precedentes (sobretudo Paulo VI), e depois desenvolverá a figura de Dante e a sua história como emblema para a condição humana e sobre a riqueza teológica e moral do poema», assinalou.

Para o final de novembro está agendado um congresso internacional, centrado na dimensão teológica do além, a par de uma exposição digital sobre materiais e manuscritos organizada pela Biblioteca Apostólica do Vaticano, dirigida pelo cardeal Tolentino Mendonça, integrante da comissão que está a aprofundar a figura e obra de Dante na sua dimensão religiosa e cristã.

A mostra, que incluirá cerca de cinco dezenas de peças, «entre manuscritos, livros impressos, gravuras e também medalhas», ficará exposta na biblioteca do Conselho Pontifício da Cultura para «permitir aprofundamento e estudo, também com um percurso didático para os liceus», apontou o cardeal Gianfranco Ravasi.


 

Rui Jorge Martins
Fonte: Il Giornale
Imagem: "Dante"
Publicado em 08.02.2021

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos