Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa escreve a Alex Zanardi: «Obrigado por ter dado força a quem a tinha perdido»

O papa enviou uma mensagem ao desportista italiano Alex Zanardi, que depois de ter perdido as pernas na sequência de um acidente, foi várias vezes medalhado nos Jogos Paralímpicos, e que se encontra em coma induzido depois de ter embatido num veículo pesado quando participava num evento para atletas paralímpicos, na sexta-feira, em Siena.

«Caríssimo Alessando, a sua história é um exemplo de como conseguir voltar a começar após uma paragem inesperada», inicia Francisco, numa carta escrita pela sua mão, em papel timbrado com o brasão pontifício, enviada ao jornal desportivo “Gazzetta dello Sport”.

«Através do desporto, ensinou a viver a vida como protagonista, fazendo da deficiência uma lição de humanidade. Obrigado por ter dado força a quem a tinha perdido», aponta o papa no segundo e terceiro parágrafos.

«Neste momento tão doloroso, estou próximo de si, rezo por si e pela sua família. Que o Senhor o abençoe e Nossa Senhora o guarde. Fraternamente, Francisco», conclui a missiva, escrita a partir da «[Casa de] Santa Marta», com data de 23 de junho.

O bilhete do papa segue-se à evocação feita pelo presidente do Conselho Pontifício da Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, no Twitter: «Um pensamento e uma oração para o campeão #AlexZanardi, exemplo de coragem, paixão e resiliência, não só no desporto, mas também na grande corrida da vida», escreveu o cardeal Gianfranco Ravasi na rede social Twitter.

Alex Zanardi, que em 2001 teve um acidente que lhe provocou a amputação das pernas, foi bicampeão de Fórmula Indy (automobilismo), e obteve quatro medalhas de ouro e duas de prata nos Jogos Olímpicos, na modalidade de paraciclismo.

O ex-piloto de Fórmula 1, de 53 anos, é um dos atletas que contribui para o leilão solidário “We run together”, promovido pelo Vaticano, com apoio explícito do papa Francisco, em favor de unidades hospitalares italianas em regiões especialmente atingidas pelo Covid-19, ao oferecer a camisola usada nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

O mais recente boletim médico da unidade hospitalar onde está internado, na Unidade de Cuidados Intensivos, em Siena, refere que Zanardi continua sedado, entubado e ventilado mecanicamente, não se tendo registado alterações na «gravidade» do quadro neurológico.

De acordo com um dos médicos do hospital Santa Maria alle Scotte, prevê-se que o coma farmacológico continue «pelo menos» durante dez dias, talvez quinze.



Imagem D.R.

 

Rui Jorge Martins
Fonte: Gazzetta dello Sport
Imagem: Alex Zanardi | D.R.
Publicado em 24.06.2020

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos