Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Museu de arte sacra acolhe exposição “Sete livros sobre a natureza de uma árvore”

«Um museu é (naturalmente!) um espaço de arte e de cultura. Um lugar onde se pode contar uma história, ou histórias, do mundo, da beleza, da Criação. Da beleza, sim, que une e salva, como dizia João Paulo II, citando Dostoievski. Um museu também explica, interpreta e suscita reflexão. Não apenas sobre a arte, a cultura, mas o caminho pessoal ou coletivo de cada um que o visita e frui, através da beleza e da (i)materialidade, das formas e das ideias.»

É com estas palavras que Vítor Teixeira, professor da Escola das Artes da Universidade Católica (Porto) inicia a apresentação do catálogo da exposição “Sete livros sobre a natureza de uma árvore”, que o Museu de Arte Sacra e Arqueologia, situado na igreja de S. Lourenço (Grilos), acolhe até 27 de abril.



Imagem "Monumento para uma árvore desconhecida #3" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.

Imagem "Trilogia de um carvalho" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.


Cumprindo «a vocação, matricial e ontológica, de ser um espaço de caminho para a beleza, pela e para a arte e pela e para a cultura», o museu assume a «senda de diálogo com os artistas, com a contemporaneidade, com a realidade vital da arte», recebendo «uma exposição de Volker Schnüttgen, fecundo e criativo artista alemão, ativo em Portugal há mais de vinte anos».

Schnüttgen (n. 1961) é um criador «que representa as formas expressivas da contemporaneidade, um comunicador visual que usa, com notável destreza, novas linguagens, reinterpreta plasticamente símbolos novos ou antigos, numa ponte com o passado, mas acima de tudo com a linguagem da modernidade», sublinha Vítor Teixeira.



Imagem "O processo (para Franz Kafka)" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.

Imagem "O bosque (Trindade" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.


«Volker passeia-nos uma vez mais pela essência dos materiais, que a escultura, na sua intemporalidade, sempre soube tão bem demonstrar e evidenciar, recriar. Mas, claro, não basta o material “per si”. Há algo mais: há tempo, há memória, há história, há ideias e há conceitos. Como nos vêm à ideia também os símbolos que os materiais revelam, na sua linearidade desprendida, mas carregada de vibração espiritual, em um apelo à inquietação, à procura», observa o texto.

A exposição, que pode ser visitada de segunda-feira a sábado, das 10h00 às 18h00, traduz visualmente «um conjunto de poemas sobre a Árvore, o lenho, um dos símbolos mais expressivos de espiritualidade, de união da terra e do Céu, da totalidade do universo».


Imagem "Paisagem interior de um plátano" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.


A mostra, produzida na sequência de uma residência artística no Centro das Artes das Caldas da Rainha, em 2018, que constitui «um elixir, um bálsamo estético» que «faz pensar na defesa da Natureza, remete para a «função artística do combate pelas causas, contra a destruição, a aniquilação ou a alienação», porque «o artista não é uma avestruz, que esconde a cabeça na terra e se demite do porvir. Relações humanas, alegorias da floresta, louvores à árvore, eis as propostas de reflexão de Volker, de luta contra a destruição, principalmente da natureza e logo do homem», assinala Vítor Teixeira.


 

Rui Jorge Martins
Imagem de topo: "Escutando a história de um carvalho #1" | Volker Schnüttgen | Fotografia: Museu de Arte Sacra e Etnologia do Seminário Maior do Porto | D.R.
Publicado em 23.03.2019

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos