Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Livros raros e colaboração portuguesa marcam presença do Vaticano na Exposição Internacional de Horticultura

O pavilhão da Santa Sé na Exposição Internacional de Horticultura, que decorre entre abril e outubro próximo de Pequim, vai ter em exposição um herbário e um livro dedicado às propriedades medicinais de ervas e plantas, pertencentes à Biblioteca Apostólica do Vaticano.

“Viva verde. Viva melhor” é o tema da mostra, dividido em cinco subtemas, tendo a conceção e organização do pavilhão de 200 m2 sido confiada ao Conselho Pontifício da Cultura, com comissariado do seu presidente, cardeal Gianfranco Ravasi.

A presença da Santa Sé, que escolheu como subtema “Casa dos corações”, visa promover as mensagens do papa Francisco na encíclica “Laudato si'”, e será inaugurada pelo prelado a 29 de abril, estando agendado para 14 de setembro o Dia Internacional da Santa Sé.

O herbário escolhido para a mostra é um manuscrito sem texto de 224 páginas, que não foi concebido como livro de luxo, mas como instrumento de trabalho em contexto médico e farmacológico.

A outra obra integra uma recolha de manuscritos que contêm desenhos da obra “De materia medica”, de Dioscórides (séc. I d.C.), considerado o pai da farmacologia, sobre botânica e produtos farmacêuticas.

O pavilhão conta também com a reprodução da pintura “Adão e Eva no paraíso terrestre”, de Peter Wenzel (1745-1829), conservada nos Museus do Vaticano.

A imagem reúne em torno das duas figuras bíblicas mais de 200 animais de todo o mundo, reproduzidos com conhecimento aprofundado e precisão científicas, tendo como cenário uma belíssima paisagem natural.

Com recurso a tecnologias inovadoras, o pavilhão acolhe igualmente uma estufa, evocando a mensagem bíblica ligada à criação “Faça-se luz”, bem como duas obras inéditas: um relevo da praça de S. Pedro, em bronze, com a Rosa dos Ventos do Oriente, e uma escultura dourada de uma oliveira.

«A nossa presença será estritamente cultural. Desenvolvemos todo um percurso em torno do grande tema do jardim», enquanto «lugar de harmonia», explicou o cardeal Ravasi na conferência de imprensa de apresentação do espaço da Santa Sé.

A "Laudato si'" acompanha todo o tinerário expositivo: «É um grande desafio apresentar algumas referências à encíclica num país onde a grande maioria da população não é cristã. Mas escolhemos as citações [do documento] de maneira a fazer ver todos os elementos que possam criar entre nós uma ponte, um elemento de união. E, neste sentido, penso que será uma operação cultural conseguida», acrescentou.

Entre as personalidades e instituições que contribuíram para o pavilhão estão o responsável pela Biblioteca Apostólica, D. José Tolentino Mendonça, a par da Fundação Ilídio Pinho, com sede no Porto, cujo mentor, o empresário homónimo, foi recebido em junho de 2018 pelo papa Francisco.



Imagem “Adão e Eva no paraíso terrestre” | Peter Wenzel

 

Rui Jorge Martins
Fonte: Sala de Imprensa da Santa Sé
Imagem: “Adão e Eva no paraíso terrestre” (det.) | Peter Wenzel
Publicado em 16.04.2019

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos