Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Jornada de Teologia debate ateísmo e fé com cientista e teólogos

O “Átrio dos Gentios”, plataforma da Igreja católica para o diálogo entre crentes e não crentes, inspirada por Bento XVI, está na base das próximas Jornadas de Teologia organizadas pelo Seminário de Angra, respondendo à necessidade de os católicos estarem no mundo «procurando desempoeirar a mente».

«A pergunta pelo ateísmo e pelas razões da fé cristã, pela descrença ou pela indiferença, deve recuperar a sua seriedade. Que acontece se a descrença, com aparente naturalidade, determina a vida?», interroga o texto de apresentação.

As Jornadas «procuram refletir acerca do diálogo corajoso e autêntico com o diferente, mas também sobre a procura intensa dentro da própria personalidade», aponta a introdução, que questiona: «Será que o risco de um diálogo verdadeiro permite soletrar novamente Deus a partir de uma fé amadurecida?».

«É preciso que os futuros padres da diocese tenham abertura aos desafios, sem medo de críticas, de cabeça erguida e com o coração em Deus, mas homens do seu tempo», acrescenta o reitor da instituição, P. Hélder Alexandre, em declarações à página Igreja Açores.

A iniciativa, que de 17 a 19 de março reflete, pela internet, sobre “O Átrio dos gentios – Ateísmo e fé: diálogo e procura”, vai contar com as intervenções do cientista Carlos Fiolhais e dos teólogos Juan Ambrosio e P. António Vaz Pinto, SJ.

«Vamos retomar o programa do ano passado, agora que estamos mais habituados a esta interação no online, que era discutir a relação entre o ateísmo e a fé, dialogando e procurando a relação entre estas questões que são essenciais para a nossa vivência», assinala o reitor.

O responsável espera que o debate se alargue «à sociedade civil» e suscite linhas de pensamento a partir dos temas “Na fronteira do diálogo entre linguagens”, “Ateísmo e fé: perspetivas” e “Fé e ciência: a perspetiva de um físico”.

O encontro abre com o lançamento do terceiro volume da revista científica do Seminário, “Fórum Teológico XXI”, seguindo-se a intervenção do bispo de Angra, D. João Lavrador. A participação é gratuita, mas requer inscrição.


 

Rui Jorge Martins
Fonte: Igreja Açores
Imagem: marinzolich/Bigstock.com
Publicado em 13.03.2021

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos