Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Teatro: Jeremias, Daniel e Apocalipse inspiram “Profecias” em «trabalho de fé»

O Teatro Feiticeiro do Norte apresenta, no Funchal, a peça “Profecias”, a partir dos livros bíblicos dos profetas Jeremias e Daniel, bem como do Apocalipse, em que a doutrina é transmitida «por belas histórias ou sermões, que ainda hoje têm o poder de nos encantar, de as seguirmos, de as escutar», assinala o encenador, Miguel Loureiro.

«A simplicidade das narrativas, mas com a inerente complexidade teológica, pode então constituir matéria cénica, de espetáculo, não só pela atração das histórias em si, das magníficas fábulas que elas enformam, mas pelo valor da palavra (ou da Palavra, como dizia Dreyer), que nestes escritos se expressa bela (a que a tradução de [Frederico] Lourenço não será alheia)», refere, em nota enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Trata-se, prossegue o encenador, de textos «que hoje como outrora nos ajudam a pensar o nosso lugar, o lugar da nossa humanidade, em tempos conturbados, e até muitas vezes vindo essa conturbação de falsos preceitos religiosos. O ímpeto profético nasce sempre de uma necessidade de resposta a tempos incertos. 2020 é o nosso ano».

As narrativas, levadas à cena pelos atores Élvio Camacho e Paula Erra, «que dominam técnica e teoricamente o material proposto», são relidas «sobretudo na enunciação, na oratória, na capacidade de contar histórias, de mimar passagens, de as relacionar com sons, imagens e estudos, provenientes de uma aturada pesquisa e dedicada preparação. Um trabalho de fé, num amplo sentido», conclui Miguel Loureiro.

«Estamos dentro da peça e nos deixamos envolver na condução da simplicidade do cenário, no jogo da luz e dos sons, mais a conjugação dos autores que se entrelaçam na suave liturgia que os seus corpos celebram e nos enlevam para a intimidade do divino», observa o P. José Luís Rodrigues.

A peça, coma duração de uma hora, pode ser vista no Balcão Cristal, de 16 a 18 de dezembro (21h00), e nos dias 23 e 30 (18h00).



Imagem "Profecias" | © Angelo Sousa

 

Rui Jorge Martins
Imagem: Angelo Sousa
Publicado em 15.12.2020

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos