Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Faculdade de Teologia (Porto) apresenta cursos para 2015/16

Imagem D.R.

Faculdade de Teologia (Porto) apresenta cursos para 2015/16

A Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (Porto) revelou a oferta formativa para o ano letivo de 2015/15, assumindo o compromisso do «aprofundamento do diálogo entre fé e cultura», a par do «reforço da afirmação do pensamento teológico no espaço público».

As «propostas abrangentes» contribuem também «para o diálogo com as outras confissões cristãs, as demais tradições religiosas, os não crentes e o mundo da cultura», assinala uma nota enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

A licenciatura em Ciências Religiosas, com um plano curricular de três anos em regime de "b-learning", o que permite concentrar a componente presencial à sexta-feira à noite (19h00 - 23h00) e ao sábado de manhã (8h30 - 13h00), complementada com a apresentação de conteúdos e envio de trabalhos através da internet, destina-se à formação científica de agentes pastorais e de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica no âmbito do ensino básico e secundário.

Os portadores de outra habilitação de nível superior poderão frequentar, no âmbito da licenciatura em Ciências Religiosas, os 120 ECTS (créditos) de formação complementar para admissão ao mestrado em Ciências Religiosas, em ordem à profissionalização em Educação Moral e Religiosa Católica.

O mestrado integrado em Teologia, com um plano curricular de cinco anos, lecionado em horário diurno (segunda a sexta-feira, das 8h30 às 13h00), é frequentado por «alunos que procuram uma sólida formação teológica, entre os quais se contam leigos e candidatos ao ministério ordenado e à vida religiosa». 

A Faculdade confere a quem o requeira, e tenha frequentado com aproveitamento seis semestres e perfaça 180 ECTS de unidades curriculares pré-definidas do mestrado integrado em Teologia, o grau de licenciado em Ciências Religiosas.

Por seu lado, o mestrado em Ciências Religiosas, lecionado em "b-learning", com sessões presenciais à quarta-feira ao fim da tarde e à noite (1º ano: 17h30 - 23h00; 2º ano: 19h00 - 23h00), valoriza a componente pedagógica, destinando-se à profissionalização de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica. 

O mestrado em Estudos da Religião (1.º grau canónico) foi criado para abrir a um público mais amplo a lecionação regular que decorre na Faculdade de Teologia no âmbito do mestrado integrado, do mestrado em Ciências Religiosas, do curso de doutoramento em Teologia e noutras faculdades ou institutos da Universidade Católica.

«A cada candidato é atribuído um tutor, com quem desenha, semestre a semestre, um curso coerente que corresponda aos seus interesses dominantes e que se traduzirá, por fim, numa dissertação de mestrado», explica a Faculdade.

Nesta modalidade estão contempladas as seguintes especializações: Estudos de História do Cristianismo; Estudos Bíblicos; História e Teologia das Religiões; Ética Teológica.

O mestrado é reconhecido para efeito de progressão de carreira de docentes do ensino básico e secundário: nas três primeiras especialização para os grupos 200, 290 e 400; na última especialização apenas para o grupo 290 (Educação Moral e Religiosa Católica).

Por fim, o doutoramento em Teologia é destinado a quem pretende aprofundar a sua formação teológica e desenvolver uma investigação orientada, rigorosa e inovadora em Teologia.

O curso abre a oportunidade de continuação dos estudos para padres e leigos com o 1.º grau canónico em Teologia (licenciatura em Teologia pré-Bolonha ou mestrado integrado em Teologia pós-Bolonha). É também reconhecido para efeitos de progressão de carreira de docentes do ensino básico e secundário de Educação Moral e Religiosa Católica.

Esta proposta formativa reparte-se em duas etapas: o curso de doutoramento em Teologia (2.º grau canónico), com um currículo de quatro semestres, lecionado à quinta-feira durante todo o dia, seguido de dissertação; a dissertação de doutoramento (3.º grau canónico).

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 11.06.2015

 

 

 
Imagem Imagem: D.R.
O mestrado em Estudos da Religião (1.º grau canónico) foi criado para abrir a um público mais amplo a lecionação regular que decorre na Faculdade de Teologia no âmbito do mestrado integrado, do mestrado em Ciências Religiosas, do curso de doutoramento em Teologia e noutras faculdades ou institutos da Universidade Católica
A cada candidato é atribuído um tutor, com quem desenha, semestre a semestre, um curso coerente que corresponda aos seus interesses dominantes e que se traduzirá, por fim, numa dissertação de mestrado
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos