Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

D. Tolentino Mendonça é o orador principal do I Congresso Mundial das Redes da Diáspora Portuguesa

O arcebispo D. José Tolentino Mendonça, arquivista e bibliotecário da Santa Sé, vai ser o palestrante principal do primeiro Congresso Mundial das Redes da Diáspora Portuguesa, que decorre a 13 e 14 de julho, no Porto, anunciou hoje o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

«Tivemos a boa notícia de contarmos com o padre Tolentino de Mendonça, que agora está no Vaticano, e que tem produzido uma reflexão muito importante sobre a diáspora e a sua importância enquanto elemento constitutivo da identidade do país, que nos transmitiu a sua disponibilidade para ser o orador principal do nosso primeiro congresso mundial das redes da diáspora», declarou José Luís Carneiro à agência Lusa.

A iniciativa visa «reunir e colocar em interação os protagonistas das Redes dos Portugueses da Diáspora, enquanto agentes particularmente ativos e reconhecidos, quer na comunidade portuguesa em que se inserem, quer na sociedade do respetivo país de acolhimento, para proceder a uma reflexão alargada sobre o trabalho realizado até ao presente com as comunidades portuguesas e, sobretudo, debater perspetivas de colaboração futura, com formulação de sugestões e recomendações», refere o Portal das Comunidades Estrangeiras, do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O governante explicou que as comunidades de portugueses «contam com luso-eleitos em diversos países, com as redes de investigadores que hoje se estão a organizar em todo o mundo, com as redes de câmaras de comércio e empresários portugueses, as redes das academias de bacalhau, com as redes dos centros de apoio ao imigrante em Portugal e no estrangeiro».

Procurar «a integração das diferentes rede» para dar mais «eficácia às políticas de afirmação dos portugueses e de Portugal no mundo» e desenvolver estratégias para «valorizar as múltiplas redes de portugueses no mundo» são também objetivos do encontro, que conta atualmente com «mais de 200 inscritos», revelou José Luís Carneiro.


 

Rui Jorge Martins
Imagem: D.R.
Publicado em 30.04.2019

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos