Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Cinema: “Zootrópolis”

Imagem Póster (det.) | D.R.

Cinema: “Zootrópolis”

Zootrópolis, como sugere a própria palavra, é uma metrópole, uma cidade diferente das outras, na qual «cada um poder ser o que quiser».

A urbe é constituída por diversos bairros: a elegante Praça Saara, habitada pelos animais do deserto; Tundratown, com os ursos polares e os alces; o distrito de Floresta Chuvosa, quente e húmida; a Pequena Rodentia, onde vivem os roedores mais pequenos; a Tana, dos coelhos com tenríssimas cenouras.

É nesta última região da cidade que habita a protagonista desta divertida e profunda história, caracterizada por um mundo animal que evoca virtudes e defeitos do ser humano.

A coelhinha Judy Hopps sonha desde pequenina um futuro em Zootrópolis como polícia. Com determinação e coragem alcançará o seu objetivo, ainda que o percurso não seja simples…

“Zootrópolis” é uma autêntica história policial. Uma polícia e um ladrão juntos para defender a cidade de um grupo de malfeitores. É a enésima prova de grande criatividade da parte da Walt Disney Company e dos seus realizadores: Jared Bush, Byron Howard e Rich Moore.

No filme, seguramente para um público também de crianças, há uma forte subtrama. Uma reflexão sobre o mundo humano, ainda demasiado violento e hierárquico, em que é vigente a divisão entre predadores e presas. Judy faz parte da minoria e só com a sua força de vontade conseguirá ser o que deseja.

Em “Zootrópolis” não faltam referências a clássicos do cinema e da televisão, como “O padrinho” e “Breaking bad”, ou cenas divertidíssimas, sendo a primeira de todas a das preguiças que trabalham no departamento de trânsito, verdadeira pérola de todo o filme e selecionada para o seu “trailer”

Cruzando o policial e o mistério, não falta a esta animação a verdadeira essência Disney, clássica mas nunca fora de moda, em que «os sonhos são desejos».

Entre realidade e ficção, “Zootrópolis” é a imagem de uma metrópole, ou melhor, de uma selva moderna, dividida por raça, sexo e religião, na qual existem barreiras que, como demonstra a coelhinha Judy, podem e devem ser superadas.

 




 

Margherita Bordino
In "Cinematografo"
Trad.: Rui Jorge Martins
Publicado em 26.02.2016

 

Título: Zootrópolis
Realizador: Byron Howard
Género: Ação, aventura, animação
Origem, ano: EUA, 2016
Duração: 108 min
Classificação etária: M/6
Estreia em Portugal: 25.2.2016

 

 
Imagem Póster | D.R.
Relacionados
>
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos