Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Universidade lança curso para formação de agentes de Pastoral da Cultura

Imagem PUC-Minas, Belo Horizonte | D.R.

Universidade lança curso para formação de agentes de Pastoral da Cultura

A Pontifícia Universidade Católica (PUC) do estado brasileiro de Minas Gerais vai lançar uma pós-graduação que visa formar agentes de Pastoral da Cultura «capacitados para o diálogo especializado com a cultura, capazes de produzir projetos culturais pertinentes e adequados à realidade da Igreja e da sociedade local».

«O Curso de Especialização a Distância em Projetos Culturais com Ênfase em Pastoral da Cultura concretiza a aspiração da Igreja Católica em dialogar com as diversas expressões da cultura atual», explica o texto de apresentação da formação, que decorre no regime de "e-learning" (pela internet).

A iniciativa da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e a Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil pretende oferecer às dioceses do país «um projeto consistente de formação de agentes de Pastoral da Cultura, com o objetivo de consolidar a Pastoral da Cultura na Igreja».

A formação pretende também «habilitar os participantes a pensar, sistematizar e instalar, de forma qualificada, projetos culturais consistentes no conjunto da ação evangelizadora da Igreja», refere a PUC-Minas, sediada em Belo Horizonte.

«Provocar e desenvolver o turismo religioso local», «consolidar um espaço académico que estimule a reflexão e a pesquisa especializada sobre o diálogo fé e cultura» e «estimular a formação e consolidação de redes que articulem as iniciativas culturais e do turismo religioso nas várias Igrejas locais, possibilitando uma pastoral de conjunto», constituem igualmente objetivos que os estudantes devem alcançar.

Com esta pós-graduação, o episcopado brasileiro deseja também «instalar um fórum de diálogo permanente entre as demandas da cultura, na sua diversidade de expressões, as demandas da vida académica e do meio intelectual e as demandas da Igreja».

Entre os potenciais destinatários da formação encontram-se «agentes de pastoral (leigos, religiosos, padres) e demais profissionais que desejam conhecer e atuar na produção de projetos culturais que relacionam fé, cultura e turismo religioso».

Com a duração de 18 meses, distribuídos por 360 horas, o curso é composto por três módulos (um por semestre), cada qual com quatro disciplinas de 30 horas, começando com "Espiritualidade Integradora", "Cultura, Arte e Sociedade", "Evangelização e Inculturação" e "Património Cultural Religioso".

O segundo módulo é composto pelas disciplinas de "Diversidade Cultural Brasileira", "Turismo Cultural e Religioso", "Culturas Tradicionais, Memória e Identidade" e "Diálogo Intercultural e Inter-religioso", enquanto que no último semestre serão lecionadas os conteúdos sobre "Pastoral da Cultura", "Projetos Culturais", "Temas Especiais de Cultura" e "Planeamento de Eventos e Captação de Recursos".

O estudante terá apoio de professores, assistentes académicos e do Núcleo de Educação à Distância da universidade ao longo do curso, que supõe a interação entre os participantes, além de avaliações pela internet e presenciais, bem como a elaboração de um trabalho final.

As inscrições terminam a 27 de agosto e o curso começa a 14 de setembro.

O reitor da PUC-Minas é D. Joaquim Giovani Mol Guimarães, bispo auxiliar de Belo Horizonte, preside à Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e foi nomeado, pelo papa Francisco, membro do Pontifício Conselho para a Cultura.

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 11.06.2015

 

 

 
Imagem PUC-Minas, Belo Horizonte | D.R.
A iniciativa pretende oferecer às dioceses do país «um projeto consistente de formação de agentes de Pastoral da Cultura, com o objetivo de consolidar a Pastoral da Cultura na Igreja do Brasil».
Entre os potenciais destinatários da formação encontram-se «agentes de pastoral (leigos, religiosos, padres) e demais profissionais que desejam conhecer e atuar na produção de projetos culturais que relacionam fé, cultura e turismo religioso»
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos