Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

“Um milhão de minutos” para combater a solidão

“Um milhão de minutos” para combater a solidão

Imagem Flynt/Bigstock.com

“1 Million Minutes” (“1 milhão de minutos”) é o título da campanha para combater a solidão com pequenos gestos, que se concluirá na próxima segunda-feira, 18 de dezembro.

A iniciativa é promovida pela Action for Children, organização cristã metodista da Grã-Bretanha, que se propôs envolver o maior número de pessoas possível em prestar uma pequena parte do seu tempo para realizar alguma coisa de simples mas deveras importante para muitos.

O programa propõe três modalidades de ajuda, de acordo com o tempo que se quer dedicar aos outros. Trinta minutos são o compromisso dos “Hello volunteer”, cujo objetivo é quebrar o gelo com um «olá, como estás?», começando a dialogar, à saída da escola, com um companheiro da aula do próprio filho ou com um pai.

Mas há outras oportunidades para esta meia hora: um vizinho, uma mãe que está sozinha ou que se mudou há pouco tempo, uma pessoa que tem de enfrentar os problemas da deficiência ou da doença. O projeto acentua a importância de se «começar uma conversa com alguém no mundo real».

Noventa minutos constituem o compromisso dos “Swap ‘n’ shopper”, que podem organizar um pequeno evento dentro da comunidade ou no bairro, graças ao qual as pessoas podem levar e trocar objetos que já não usam (roupa, acessórios, brinquedos), dando-lhes nova vida.

A ocasião é, sobretudo, uma oportunidade de encontro entre as pessoas, para as fazer sentir menos isoladas, por exemplo também através um dos “ritos” mais queridos do nosso tempo, o do fazer compras.

E como não se pode prescindir da Internet, a Action for Children propõe também a modalidade do “voluntário digital”: 120 minutos por mês para colaborar com a equipa da instituição utilizando as redes sociais para ajudar a enfrentar a solidão, partilhando imagens e textos, chegando assim ao maior número de pessoas possível.



 

In "L'Osservatore Romano"
Trad. / edição: SNPC
Publicado em 14.12.2017

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos