Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Tomaz Morais na Jornada Nacional da Pastoral da Cultura

O treinador de râguebi Tomaz Morais é um dos conferencistas da próxima Jornada Nacional da Pastoral da Cultura, que a 2 de junho debate, em Fátima, o tema "Desporto - Virtudes e riscos".

Licenciado em Educação Física e Desporto, Tomaz Morais (n. 1970) é director técnico do Grupo Dramático e Sportivo de Cascais, além de fazer parte do painel de comentadores do programa "Mais Futebol", no canal TVI24.

Depois de ter conquistado vários títulos como jogador, foi selecionador nacional de râguebi de "Sevens" (tendo-se sagrado oito vezes campeão europeu) e de XV, ocupando atualmente o cargo de coordenador da formação de treinadores da Federação Portuguesa da modalidade.

O «maior destaque» da carreira como treinador foi a participação da Selecção Nacional no Campeonato do Mundo de 2007 em râguebi de XV, com Portugal a ser a primeira seleção totalmente amadora a jogar a fase final com equipas profissionais.

Em 2005 foi condecorado pelo então presidente da República, Jorge Sampaio, com a Ordem de Mérito, grau de Comendador.

Autor do livro "Compromisso: Nunca desistir" (Booknomics), é consultor da International Rugby Board para a elaboração do plano estratégico de "Sevens", bem como orador em conferências sobre liderança, motivação, gestão de equipas e comunicação.

Tem sido regularmente convidado para lecionar cursos no ensino superior, nomeadamente pela Universidade Católica, Instituto Superior de Psicologia Aplicada e ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

Tomaz Morais junta-se ao escritor e professor universitário Gonçalo M. Tavares como convidado na Jornada Nacional da Pastoral da Cultura.

O encontro, aberto a crentes e não crentes, e com inscrições já abertas, centra-se no significado antropológico e nas atuais conexões socioculturais do Desporto - poética e ética do corpo e do espírito, poderes e desvios da irradiação social (negócio, corrupção, alienação, etc.).

Os conferencistas, que continuarão a ser divulgados nos próximos dias, refletirão também sobre a possibilidade de atualização da perspetiva cristã do ideal humanista de "mens sana in corpore sano" (mente sã em corpo são).

O tema foi escolhido na sequência das múltiplas intervenções do papa Francisco e dos seus antecessores sobre o Desporto, área que suscitou a criação de um departamento exclusivo por parte do Conselho Pontifício da Cultura.

Durante a Jornada Nacional da Pastoral da Cultura será concedido o prémio Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes ao ator Ruy de Carvalho.



 

SNPC
Imagem: Tomaz Morais | D.R.
Publicado em 21.05.2018

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos