Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

“Também somos Terra”: Rede Cuidar da Casa Comum semeia ecologia integral

A Rede Cuidar da Casa Comum – a Igreja ao serviço da ecologia integral vai promover em setembro um conjunto de iniciativas inspiradas pela encíclica “Laudato si’” e pelo Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, que se assinala no primeiro dia do mês.

«Celebrar e agradecer a Criação, incentivar o cuidado da casa comum, apelar à conversão ecológica e dinamizar as comunidades cristãs com vista a uma ecologia integral e uma espiritualidade ecológica» constituem os objetivos das iniciativas programadas.

No dia 7 realiza-se uma vigília de oração pelo cuidado da Criação, às 21h00, na igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa.

Está também prevista a divulgação da mensagem para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, assinada pelo patriarca ecuménico Bartolomeu e pelo papa Francisco, que em 2015 determinou a celebração da data por parte dos católicos, fazendo-a coincidir com aquela que os ortodoxos já assinalam há anos.



Aberta à «participação ecuménica», e contando com uma comissão de apoio teológico e científico, a iniciativa procura «fazer pontes com iniciativas relevantes que ocorram no espaço eclesial e na sociedade civil»



Além de propostas para a oração diária e reflexões semanais, a rede propõe a 29 de setembro o encontro aberto “Também somos Terra”, a realizar das 10h00 às 18h00 no seminário de Almada.

«Aprofundar e difundir a encíclica “Laudato Si’”, do papa Francisco, sobre o cuidado da casa comum, e acompanhar as questões ecológicas de âmbito nacional e mundial, equacionando-as à luz do texto pontifício são os dois primeiros objetivos da Rede.

Promover nas comunidades cristãs «uma efectiva conversão ecológica e sugerir caminhos de atuação concreta com vista a uma ecologia integral», «proporcionar instrumentos de análise que permitam pensar o futuro do Planeta» e «aprofundar e difundir a teologia da Criação» constituem igualmente propósitos do projeto.

Agrupando mais de 35 organismos laicais e congregações religiosas, a Rede propõe-se realizar sessões de esclarecimento e sensibilização, assim como fomentar «a criação de “focos de cuidado da casa comum” (grupos locais empenhados na promoção de uma ecologia integral)», proporcionando-lhes instrumentos para reflexão.

Aberta à «participação ecuménica», e contando com uma comissão de apoio teológico e científico, a iniciativa procura «fazer pontes com iniciativas relevantes que ocorram no espaço eclesial e na sociedade civil».


 

Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos