Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Schola Cantorum da Catedral de Santarém replica tradição inglesa do Natal com Bíblia e música

Schola Cantorum da Catedral de Santarém replica tradição inglesa do Natal com Bíblia e música

Imagem Schola Cantorum da Catedral de Santarém | D.R.

Quarenta pequenos cantores e nove cantores profissionais da Schola Cantorum da Catedral de Santarém replicam no próximo domingo, na sé escalabitana, uma tradição natalícia de origem britânica com mais de 100 anos.

O modelo original, “festival of nine lessons and carols”, «combina a leitura de nove breves trechos bíblicos que contam a queda da humanidade, a promessa do Messias, e o nascimento de Jesus, com a interpretação de canções de Natal», explica uma nota enviada hoje ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Os cânticos são habitualmente escolhidos «a partir de um repertório específico constituído e acrescentado ano após ano em cada edição anual do festival em King’s College».

A iniciativa, que em Portugal toma a designação de Festival de Leituras e Canções de Natal, teve origem no final do século XIX na catedral anglicana de Truro, País de Gales, sob impulso do bispo Edward Benson, tendo-se tornado «numa tradição anual que viria a ser adotada em 1918 também pelo King’s College, Cambridge».

«A partir de 1928, a BBC passa a difundir em directo o festival a partir de King’s College para todo o mundo contribuindo para o reconhecimento que este modelo tem, em primeiro lugar, nas congregações anglicanas, mas gradualmente também em comunidades católicas», assinalam os organizadores.

A Schola Cantorum da Catedral de Santarém, reconhecendo o valor da tradição em causa, tem incluído em todas as suas programações anuais pelo menos duas sessões do festival», uma em Santarém, habitualmente na sé, e a segunda noutro local para o qual seja convidada, assumindo-se como «entidade fundadora e continuadora da tradição do “festival of nine lessons and carols” em Portugal».

O “festival”, que conta com leituras bíblicas proclamadas em português, chega a Santarém na presente temporada depois de já ter sido apresentado na igreja de Santa Maria de Belém, em Lisboa, como concerto de encerramento do Ciclo de Concertos de Órgão do Mosteiro dos Jerónimos.

O programa de domingo, com início marcado para as 14h30, inclui as canções” Once in royal David’s city”, de H. J. Gauntlett, “Adam lay ybounden”, de B. Ord, “This is the truth sent from above”, tradicional de Herefordshire, “Noite feliz”, de F. X. Gruber, e “Dominus dixit ad me”, de canto gregoriano

Com acompanhamento ao órgão de David Paccetti Correia e direção de Pedro Rollin Rodrigues serão também interpretadas “Adeste fideles”, atribuído a J. F. Wade, “Hark! The herald”, de F. Mendelssohn Bartholdy, “Deck the halls”, com arranjo de G. Smith, e, da tradição portuguesa, “Ó pastores, pastorinhos” (Alferrarede), “O Menino que nasceu” (Elvas) e “O menino está dormindo” (Évora).

Fundada em 2012 pelo P. Joaquim Ganhão, pároco da sé, a Schola Cantorum da Catedral de Santarém «é o único coro-escola oficialmente associado a uma catedral em Portugal».

Particularmente focada na performance de música erudita em liturgia, as suas principais valências são o voro, que integra cinco dezenas de crianças e doze cantores profissionais, e a classe de aprendizes de Órgão.

A temporada 2017-2018 inclui missas cantadas, liturgia das horas, concertos, e também visitas com música no Museu Diocesano de Santarém, distribuindo-se os cerca de trinta serviços musicais por três espaços: sé de Santarém, Museu Diocesano de Santarém e igreja de Santa Maria de Belém, no mosteiro dos Jerónimos.



 

SNPC
Publicado em 03.01.2018

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos