Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa pede a futebolistas para serem «testemunhas de lealdade» e «honestidade»

Papa pede a futebolistas para serem «testemunhas de lealdade» e «honestidade»

Imagem Jogadores da Juventus e Lazio | D.R.

A relação da mensagem evangélica com o desporto não é novidade na Igreja mas a insistência nessa ponte constitui uma das particularidades do pontificado de Francisco, que hoje recebeu, no Vaticano, atletas da Juventus e da Lazio, acompanhados por dirigentes da principal liga de futebol italiana.

O encontro ocorreu na véspera da partida entre os dois emblemas para a final da Taça de Itália, revela a Rádio Vaticano.

As equipas de Turim e Roma, além de terem conseguido «ótimos resultados, são muito amadas pelos desportistas», o que as compromete «ainda mais a testemunhar os autênticos valores do desporto», declarou o papa.

«Considerando o fascínio e os reflexos que o futebol profissional tem nas pessoas, especialmente nos jovens», os seus protagonistas têm uma «considerável responsabilidade», frisou.

Os atletas «considerados "campeões" tornam-se facilmente figuras de referência, e por isso cada competição é uma prova de equilíbrio, de domínio de si, de observância das regras», vincou o papa.

«Quem, com o seu comportamento, sabe dar prova de tudo isto, torna-se um exemplo para os seus admiradores. É isso que desejo a cada um de vós, que sejais testemunhas de lealdade, de honestidade, de concórdia e de humanidade», afirmou.

Francisco recordou que «por vezes, nos estádios, verificam-se, infelizmente, episódios de violência, que perturbam o sereno desenrolar das partidas e o são divertimento das pessoas».

«Desejo que, na medida daquilo que está ao vosso alcance, possais ajudar sempre a atividade desportiva a permanecer como tal e, graças ao empenho pessoal de todos, a ser motivo de coesão entre os desportistas e em toda a sociedade», sublinhou.

O papa terminou o encontro a agradecer a visita das equipas, desejando-lhes que façam «verdadeiramente uma bela partida», naquela que é a 69.ª edição da Taça de Itália, marcada para o estádio olímpico de Roma.

Em 2016 Francisco também recebeu os finalistas da Taça de Itália, também a Juventus e o AC Milan.

O Conselho Pontifício da Cultura tem um departamento dedicado ao desporto, apoia uma equipa de "cricket", que em abril visitou Portugal, para disputar um torneio inter-religioso, vai patrocinar, em Roma, a primeira meia maratona pela paz, no mês de setembro, e em outubro do ano passado organizou a primeira conferência mundial sobre fé e desporto, que contou com a presença do então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e do presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach.



 

SNPC
Fonte: Rádio Vaticano
Publicado em 16.05.2017

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos