Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa oferece tarde no circo e controlos médicos a pessoas sem-teto

Imagem D.R.

Papa oferece tarde no circo e controlos médicos a pessoas sem-teto

Há um ano, dirigindo-se às pessoas que trabalhavam nos circos, o papa Francisco, durante uma audiência geral, no Vaticano, afirmou: «As pessoas que fazem o espetáculo no circo criam beleza, são criadores de beleza. E isso faz bem à alma. Quanta necessidade temos de beleza».

Para oferecer um encontro com a beleza, o papa oferece hoje, através da Esmolaria Apostólica, um espetáculo circense a duas mil pessoas sem-teto, que podem também usufruir dos serviços de um posto de assistência médica móvel.

O “Rony Roller Circus” colocou à disposição os dois mil lugares da sua grande tenda para esta iniciativa, que se dirige a pessoas sem-abrigo, refugiados, um grupo de reclusos e pobres, juntamente com os voluntários que as acompanham, refere um comunicado da Esmolaria.

O espetáculo será aberto, entre outros intervenientes, por uma das pessoas sem-teto, que interpretará uma canção dedicada ao papa Francisco: trata-se de um cantautor espanhol que vive na precariedade com a filha e que usufrui do serviço de duche e barbearia recentemente inaugurado sob a colunata da Praça de S. Pedro, no Vaticano.

A canção, adianta a Esmolaria, tornar-se-á a «oração inicial», a par do agradecimento ao papa pelo «novo gesto de proximidade».

«Este presente oferecido pelos artistas do Circo, que com constância, empenho e muitos sacrifícios conseguem criar e dar beleza a si próprios e aos outros poderá tornar-se também para os nossos irmãos mais pobres um encorajamento a superar as asperezas e as dificuldades da vida, que muitas vezes parecem demasiado grandes e insuperáveis», assinala a nota.

As pessoas carenciadas envolvidas nesta iniciativa «terão a possibilidade de serem visitadas e assistidas por médicos e enfermeiros enviados pelos Serviços de Saúde do Vaticano», e no fim do espetáculo será distribuído uma refeição ligeira, esclarece a Esmolaria.

O que o comunicado não diz é que para o transporte das pessoas sem-abrigo desde os seus dormitórios para o local do espetáculo foi mobilizado todo o parque automóvel do Vaticano. Os espetadores viajarão na frota habitualmente à disposição dos bispos e cardeais que prestam serviço na Cúria Romana.

 

Andrea Tornielli
In "Vatican Insider"
Trad. / edição: Rui Jorge Martins
Publicado em 14.01.2016

 

 
Imagem D.R.
O que o comunicado não diz é que para o transporte das pessoas sem-abrigo desde os seus dormitórios para o local do espetáculo foi mobilizado todo o parque automóvel do Vaticano
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos