Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa Francisco recebeu fundador do Facebook para lutar contra pobreza e encorajar «cultura do encontro»

Imagem Papa Francisco e Mark Zuckerberg | Vaticano, 29.8.2016 | D.R.

Papa Francisco recebeu fundador do Facebook para lutar contra pobreza e encorajar «cultura do encontro»

O papa Francisco recebeu hoje o cofundador e responsável máximo da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, acompanhado pela mulher, Priscilla Chan, anunciou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, citado pela Rádio Vaticano.

Os interlocutores «falaram de como usar as tecnologias de comunicação para atenuar a pobreza, encorajar uma cultura do encontro e fazer chegar uma mensagem de esperança, especialmente às pessoas mais desfavorecidas» refere a nota assinada por Greg Burke.

De acordo com dados revelados em fevereiro pela Bloomberg, Zuckerberg é a quarta pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna que atingiu os 50 mil milhões de dólares.

Em novembro de 2015, de regresso da viagem ao continente africano, o papa Francisco mencionou que 80 por cento da riqueza do mundo está nas mãos de 17 por cento da população.

Após o nascimento da filha, Maxina, no final de 2015, o cofundador da rede social e a mulher anunciaram, em carta aberta dirigida à criança, que iriam doar 99 por cento das suas ações do Facebook ao longo das suas vidas através da "Iniciativa Chan Zuckerbeg", que tem como objetivos promover o potencial humano e a igualdade «para todas as crianças na próxima geração».

Em março deste ano Zuckerberg tinha dado as boas vindas ao papa Francisco pela sua entrada no Instagram, rede social que privilegia as fotografias, detida pelo Facebook.

«Independentemente da crença religiosa de cada pessoa, todos devem se sentir inspirados pelo exemplo de humildade e compaixão do papa Francisco», escreveu o responsável na sua conta do Facebook.

Zuckerberg referia também que queria partilhar a mensagem de misericórdia, igualdade e justiça» do papa.

 

Rui Jorge Martins
Com Elise Harris/Crux
Publicado em 29.08.2016

 

 
Imagem Papa Francisco e Mark Zuckerberg | Vaticano, 29.8.2016 | D.R.
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos