Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa elogia atletas dos Jogos Paralímpicos e diz que Olimpíadas podem favorecer a paz

O papa sublinhou hoje, no Vaticano, que os Jogos Olímpicos de inverno «mostraram como o desporto pode estender pontes entre países e conflito e dar um contributo válido para as perspetivas de paz entre os povos».

«Daqui a dois dias abrir-se-ão os Jogos Paralímpicos de inverno na cidade de PyeongChang, na Coreia do Sul, que acolheu recentemente as Olimpíadas», afirmou Francisco durante a audiência geral.

Mais do que os Jogos Olímpicos, os Paralímpicos «comprovam que através do desporto podem superar-se as próprias deficiências. Os atletas paralímpicos são para todos exemplo de coragem, constância, tenacidade em não se deixarem vencer pelos limites».

«O desporto surge assim como uma grande escola de inclusão, mas também de inspiração para a própria vida e de compromisso em transformar a sociedade», frisou.

Francisco dirigiu uma saudação «ao Comité Paralímpico Internacional, aos atletas, às autoridades e ao povo coreano»: «Asseguro a minha oração para que este evento possa favorecer dias de paz e de alegria para todos».

No discurso dirigido aos participantes no encontro sobre desporto e fé promovido em outubro de 2016 pelo Conselho Pontifício da Cultura, o papa frisou que «o movimento paralímpico e outras associações desportivas que apoiam as pessoas portadoras de deficiência (...) desempenharam um papel determinante ao ajudar o público a reconhecer e admirar as prestações extraordinárias de atletas com diferentes deficiências e capacidades».

«A deficiência física que experimentais no vosso corpo, mediante a prática desportiva e o sadio espírito de competição, transforma-se numa mensagem de encorajamento para quantos vivem situações análogas às vossas, e torna-se um convite a empenhar todas as energias para realizar coisas boas juntos, superando as barreiras que podemos encontrar ao nosso redor, e antes de tudo dentro de nós», apontou Francisco dois anos antes, em outubro de 2014.

«O vosso testemunho, queridos atletas, é um grande sinal de esperança. É uma prova do facto que em cada pessoa existe um potencial que às vezes nem imaginamos, que só pode ser desenvolvido com a confiança e a solidariedade», disse Francisco a membros do Comité Paralímpico Italiano.

Os Jogos Paralímpicos de 2018, que decorrem de 9 a 18 de março, reunirão em seis desportos cerca de 670 atletas, mais 24 por cento do que os participantes na edição anterior, realizada em 2014 na cidade russa de Sochi.









 

SNPC
Imagem: D.R.
Publicado em 07.03.2018

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos