Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

P. José Tolentino Mendonça orienta Exercícios Espirituais da Quaresma para o papa Francisco

O P. José Tolentino Mendonça é o responsável pelas meditações que vão acompanhar os Exercícios Espirituais do papa Francisco e dos colaboradores da Cúria Romana, com início agendado para o primeiro domingo da Quaresma, 18 de fevereiro, e conclusão prevista para dia 23, em Ariccia, próximo de Roma.

“Elogio da sede” é o tema geral das reflexões a propor pelo biblista português, que no esquema distribuído pela Prefeitura da Casa Pontifícia é apresentado como «vice-reitor da Universidade Católica de Lisboa» e «consultor do Pontifício Conselho da Cultura».

Francisco e os participantes saem de autocarro do Vaticano pelas 16h00 (hora local), chegando 45 minutos depois à casa de retiros, situada a cerca de 30 km a sudeste de Roma.

O programa prossegue às 18h00 com a introdução, que abrange a primeira das 10 meditações, intitulada “Aprendizes do assombro”, seguindo-se a adoração eucarística e a oração da hora litúrgica de Vésperas, antecedendo o jantar.

“A ciência da sede”, “Percebi que estava com sede”, “Esta sede de nada”, “A sede de Jesus”, “As lágrimas contam uma sede”, “Beber da própria sede”, “As formas do desejo”, “Escutar a sede das periferias” e “A bem-aventurança da sede” constituem os títulos das meditações.

De segunda a quinta-feira os Exercícios Espirituais começam com a concelebração eucarística (7h30), continuando com o pequeno-almoço, meditação, almoço, nova meditação, Vésperas, adoração eucarística e jantar.

No último dia, sexta-feira, após a meditação matutina, os participantes saem da Casa do Divino Mestre, de regresso ao Vaticano.

As audiências do papa, incluindo a geral, realizada à quarta-feira, são habitualmente suspensas durante os Exercícios Espirituais.

Nascido em 1965 em Machico, Ilha da Madeira, José Tolentino Mendonça foi ordenado padre aos 24 anos. Doutorado em Teologia Bíblica, em Roma, torna-se professor e investigador de disciplinas bíblicas na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, onde assume o cargo de capelão.

Poeta, ensaísta e tradutor, tem em “O pequeno caminho das grandes perguntas” o seu livro mais recente (2017), de um conjunto que ultrapassa as duas dezenas. Está publicado na Europa e América Latina, sendo colunista residente no semanário com mais audiência em Portugal.

Atualmente responsável pastoral pela capela de Nossa Senhora da Bonança (capela do Rato), em Lisboa, Tolentino Mendonça foi o primeiro diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, organismo que tem como um dos principais objetivos o diálogo da Igreja com o mundo da arte e pensamento contemporâneos.

Foi condecorado com o grau de Comendador da Ordem de Sant'lago da Espada pelo anterior presidente da República, Cavaco Silva, além de ter sido distinguido com o PEN Clube Português, Prémio Literário da Fundação Inês de Castro, Prémio Literário Res Magnae, Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes e Grande Prémio de Literatura Associação Portuguesa de Escritores (APE)/Câmara Municipal de Loulé - Crónica e Dispersos Literários, entre outros.

Em julho de 2011 apresenta pessoalmente a Bento XVI um poema inédito, “O Mistério está todo na infância”, obra que integra a exposição e coletânea em honra do atual papa emérito por ocasião do 60.º aniversário da sua ordenação sacerdotal.

A Quaresma, tempo de especial preparação para a celebração da morte e ressurreição de Cristo, começa na quarta-feira de Cinzas (este ano a 14 de fevereiro) e termina pela tarde de Quinta-feira Santa (29 de março).



 

SNPC
Imagem: Papa Francisco | Exercícios Espirituais, Ariccia, Itália, 2017 | D.R.
Publicado em 24.01.2018

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos