Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

"Padre de ferro", Ismael Teixeira, fala sobre as virtudes e riscos do desporto na Jornada da Pastoral da Cultura

Ismael Teixeira, o "iron priest", padre de ferro, como é conhecido por ter sido o primeiro sacerdote a completar mais de 220 km de uma ultramaratona, será um dos intervenientes da próxima Jornada Nacional da Pastoral da Cultura.

O encontro aberto a crentes e não crentes, que a 2 de junho debaterá, em Fátima, o tema "Desporto - Virtudes e riscos", contará também com as participações do escritor Gonçalo M. Tavares e do treinador de râguebi Tomaz Morais.

Nascido em Canaveses, aldeia de Valpaços (vila do distrito de Vila Real, onde foi ordenado padre, em 2001), Ismael Teixeira licenciou-se em Teologia e Psicologia e obteve o grau de mestre em Gestão de Recursos Humanos e Análise Organizacional.

Pertenceu à Ordem dos Carmelitas, estando atualmente integrado no Patriarcado de Lisboa, onde é responsável pela paróquia de S. Mamede, na capital.

«Vejo o desporto como um trabalho espiritual, ajudou-me a trazer mais pessoas à igreja», declarou o sacerdote em entrevista ao Diário de Notícias, acrescentando: «Levo os valores do meu treinador principal, que é Jesus Cristo, pretendo ser o rosto dele nestas provas».

E em entrevista publicada na revista Sábado, alertou: «Se não vamos ter com as pessoas fora, onde elas partilham felicidade, corremos o risco de ficarmos sós nas igrejas, a falarmos sozinhos».

«Tenho tido um feedback muito positivo das pessoas que me conheceram no campo do desporto e voltam a olhar para a Igreja como lugar de amor, de misericórdia”, afirmou à Agência Ecclesia, acentuando que «o desporto também é lugar de evangelização».

O sacerdote incentiva os párocos a associar-se às iniciativas que se realizam nos seus territórios, tendo sugerido ao cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, a criação de um departamento dedicado ao desporto, à semelhança do que foi organizado no Vaticano, no âmbito do Conselho Pontifício da Cultura.

A 14.ª Jornada Nacional da Pastoral da Cultura, com inscrições  já abertas, centra-se no significado antropológico e nas atuais conexões  socioculturais do Desporto - poética e ética do corpo e do espírito, poderes e  desvios da irradiação social (negócio, corrupção, alienação, etc.).

Os conferencistas, que continuarão a ser divulgados nos  próximos dias, refletirão também sobre a possibilidade de atualização da  perspetiva cristã do ideal humanista de "mens sana in corpore sano" (mente sã em corpo são).

O tema foi escolhido na sequência das múltiplas intervenções  do papa Francisco e dos seus antecessores sobre o Desporto.

Durante o encontro será concedido o prémio Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes, atribuído pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, em pareceria com a Renascença, ao ator Ruy de Carvalho.



Imagem P. Ismael Teixeira | D.R.


 

Edição: SNPC
Fontes: Diário de Notícias, Sábado, Agência Ecclesia
Imagem: Ismael Teixeira (Facebook)
Publicado em 18.05.2018 | Atualizado em 28.05.2018

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos