Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

O dinheiro

Imagem © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

O dinheiro

O dinheiro pode comprar uma casa mas não um lar. Pode comprar uma cama mas não o sono. Pode comprar um relógio mas não o tempo. Pode comprar um livro mas não o conhecimento e a sabedoria. Pode comprar uma posição mas não o respeito. Pode pagar o médico mas não a saúde. Pode comprar o sexo mas não o amor.

São 365 afirmações, uma para cada dia do ano, todas dedicadas aos "Segredos da riqueza" ["Segreti della riccheza", ed. San Paolo], isto é, à relação do ser humano com os bens materiais. O número tão variado de autores faz compreender que estamos na presença de um tema universal e constante que apaixona precisamente porque nunca está fechado.

Com efeito, os muitos apelos contra a loucura da acumulação, a idolatria do dinheiro, sobre o verdadeiro fim da vida, não impedem que se continuem a amontoar riquezas, a matar pelas coisas, a trair ideais e valores por um punhado de moedas.

O dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1902) disse: «O dinheiro pode comprar a pele de muitas coisas mas não a semente. Pode dar-vos o alimento mas não o apetite, a medicina mas não a saúde, os entendidos mas não os amigos, os servidores mas não a fidelidade, dias de alegria mas não a felicidade e a paz».

E todavia nós continuamos a andar em direção àquela ilusão dourada, incapazes de reagir às tentações daquele fogacho, ao fascínio daquela promessa de bem-estar.

 

P. [Card.] Gianfranco Ravasi
In "Avvenire"
Trad.: Rui Jorge Martins
Publicado em 30.04.2016

 

 
Imagem © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos