Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa Francisco aos casais: «Nunca deixem de ser namorados»

Imagem Papa Francisco | Encontro com famílias, Manila, Filipinas, 16.1.2015 | D.R.

Papa Francisco aos casais: «Nunca deixem de ser namorados»

O papa Francisco encorajou esta sexta-feira as pessoas casadas a que permaneçam sempre namoradas, durante o encontro que teve com milhares de famílias reunidas em Manila, capital das Filipinas.

Ao chegar ao pavilhão desportivo, onde estavam cerca de 20 mil pessoas, a primeira coisa que fez foi saudar, um a um, os doentes presentes no encontro. Sempre com um sorriso, abençoou imagens e terços, ao mesmo tempo que recebia quadros, livros e presentes de vário género.

Após a saudação do bispo filipino Gabriel Reyes, responsável pelo setor pastoral das famílias, o papa ouviu o testemunho de uma família numerosa, que recordou a passagem de S. João Paulo II por Manila.

Seguem-se outros testemunhos, incluindo a de uma família de surdos-mudos: todos falam das suas histórias pessoais de pobreza e luta, a par da sua fé em Cristo. Francisco abraça-os e, aos surdos-mudos, tenta comunicar-lhes com linguagem gestual.

A leitura bíblica proclamada do encontro referiu-se ao anjo que aparece a S: José, pai adotivo de Jesus, a quem ordena a fuga para o Egito, com Maria e Jesus, para escapar à perseguição do rei Herodes.

Francisco falou depois sobre a vida familiar e da sua devoção a S. José. Excertos da intervenção, que se complementam com o texto "Família: Oração, atitude, profecia" (cf. artigos relacionados).

«As Escrituras raras vezes falam de S. José, e quando o fazem, descrevem-no a descansar, enquanto um anjo lhe revela a vontade de Deus em sonhos.»

«Recordo a minha família, o meu pai, os meus avós...»

«Todo a mãe e todo o pai sonhou com o seu filho durante muitos meses. É verdade ou não? Sonhar como será o filho. Não é possível uma família sem sonhar. Quando numa família se perde a capacidade de sonhar, o amor não cresce e a vida enfraquece e apaga-se. É muito importante sonhar.»

«Recomendo-vos que, à noite, quando fizerem o exame de consciência, façam também esta pergunta: "Hoje sonhei com o futuro dos meus filhos?" "Hoje sonhei com o amor do meu esposo ou da minha esposa? Com os meus pais e os meus avós?" Não percam a capacidade de sonhar na família.»

«Quantas dificuldades na vida do matrimónio se resolvem se reservamos um pouco de tempo para refletir, se paramos e pensamos no outro, se sonhamos com as coisas boas que tem. «Nunca deixem de ser namorados.»

«Vou dizer-vos uma coisa muito pessoal: quero muito a S. José. S. José, dormindo, cuida da Igreja. Quando tenho um problema, escrevo um papelinho e ponho-o debaixo de S. José.» «Para que o sonhe.» «Isto significa, para que reze por este problema.»

«Deus chama-nos a reconhecer os perigos que ameaçam as nossas famílias, para as proteger.» «Cuidado com as ideologias colonizadoras, que procuram destruir a família.» «Vêm de fora. Por isso são colonizações. Não percamos a liberdade da missão que Deus nos dá, a missão da família.»

«Disseram não à colonização política; como família temos de ser muito sagazes, muito hábeis, muito fortes, para dizer não a qualquer tentativa de colonização ideológica sobre a família.» «E pedir a S. José, que é amigo do anjo, que nos envie a inspiração de saber quando podemos dizer sim ou não».

«A família vê-se ameaçada pela crescente tentativa, por parte de alguns, de redefinir a própria instituição do Matrimónio, guiados pela cultura do efémero.»

«Penso no Beato Paulo VI.» «Quando se lhe apresentou o problema do crescimento da população, teve a coragem de defender a abertura à vida da família.» «Ele sabia das dificuldades; por isso, na sua encíclica foi tão misericordioso com os casos particulares.» «E pediu aos confessores que fossem muito misericordiosos e compreensivos com os casos particulares.»

«O nosso mundo precisa de famílias boas e fortes.» «O futuro da humanidade passa pela família, como dizia S. João Paulo II.» «Protejam as vossas famílias, protejam-nas. Vejam nelas o maior tesouro do vosso país.»

 

José Manuel Vidal
In "Religión digital"
Trad. / edição: Rui Jorge Martins
Publicado em 17.01.2015

 

 
Imagem Papa Francisco | Encontro com famílias, Manila, Filipinas, 16.1.2015 | D.R.
Recomendo-vos que, à noite, quando fizerem o exame de consciência, façam também esta pergunta: "Hoje sonhei com o futuro dos meus filhos?" "Hoje sonhei com o amor do meu esposo ou da minha esposa? Com os meus pais e os meus avós?"
Vou dizer-vos uma coisa muito pessoal: quero muito a S. José. S. José, dormindo, cuida da Igreja. Quando tenho um problema, escrevo um papelinho e ponho-o debaixo de S. José.» «Para que o sonhe.» «Isto significa, para que reze por este problema
O nosso mundo precisa de famílias boas e fortes.» «Protejam as vossas famílias, protejam-nas. Vejam nelas o maior tesouro do vosso país
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos