Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Novo roteiro descreve destinos e rotas de peregrinações cristãs da Europa

Imagem Capa (det.) | D.R.

Novo roteiro descreve destinos e rotas de peregrinações cristãs da Europa

O Caminho de Santiago, a rota das catedrais inglesas, a cristandade celta, o itinerário de S. Patrício, os santuários de Lourdes e Fátima, o monte Saint-Michel e Taizé são alguns dos espaços apresentados no livro "Peregrinações cristãs da Europa - Destinos e rotas".

Redigido em espanhol e lançado pela editora San Pablo, esta obra de Adolfo Vásquez-Gundín Etchevarría percorre os caminhos e lugares de peregrinação da Europa, tanto atuais como históricos, contando com abundantes fotografias e mapas a cores.

O objetivo de "Peregrinaciones cristianas de Europa" (208 págs., 20,00 €) «é expor o sentido singular de cada um dos destinos e rotas nas suas origens, desenvolvimento e aproveitamento; e inclusive as expressões litúrgicas e linguísticas próprias», refere a introdução.

O continente foi dividido em dez zonas, no interior das quais se apresentam os países que as compõem, com algumas a terem direito a subdivisões regionais ou temáticas, como sucede no primeiro capítulo, dedicado à Grã-Bretanha e Irlanda, com uma alusão às cruzes celtas.

A segunda secção, "O Oeste da Europa", centra-se em França, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos, antecedendo o território centro-ocidental do continente, com a Alemanha, Suíça e Áustria.

O quarto capítulo, percorre a Hungria, República Checa, Eslováquia e Polónia, onde além de Cracóvia e da rota de S. João Paulo II, há uma entrada respeitante a «destinos ortodoxos».

Na Europa do Norte não se particulariza qualquer santuário, com o guia a referir as repúblicas bálticas - Lituânia, Letónia e Estónia, antes de rumar aos países bálticos - Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia.

A sexta parte do livro orienta-se para o leste da Europa, iniciando o roteiro pela Rússia, seguindo pela Bielorrússia, Ucrânia e repúblicas do Cáucaso - Arménia, recentemente visitada pelo papa Francisco, e Geórgia.

O guia conduz depois o leitor à Turquia, convidando-o a descobrir narrativas ligadas, direta ou indiretamente à Bíblia, como as rotas de S. Paulo, as sete Igrejas do Apocalipse e a casa da Virgem Maria, antes de seguir viagem para Chipre e Grécia, onde novamente se seguem os trajetos do "apóstolo dos gentios".

A Roménia abre o capítulo dedicado aos Balcãs, dando seguidamente lugar à Bulgária, Albânia e as repúblicas que compunham a Jugoslávia - Eslovénia, Croácia, Bósnia, Sérvia, Montenegro e Macedónia.

A penúltima secção foca-se na Europa do Sul, com Itália, Cidade do Vaticano e Malta, e, por fim, o décimo capítulo, sobre a Península Ibérica, começa com Portugal, abordando "Fátima e outros santuários marianos", "O milagre eucarístico de Santarém", "Mosteiros", "Bom Jesus do Monte" e "Rotas jacobeias".

É também na derradeira parte do livro que se encontra a secção mais extensa, dedicada, naturalmente, a Espanha, com o guia a percorrer as 17 comunidades autónomas do território.

 



 

Rui Jorge Martins
Publicado em 05.07.2016

 

 

 
Imagem Capa | D.R.
A penúltima secção foca-se na Europa do Sul, com Itália, Cidade do Vaticano e Malta, e, por fim, o décimo capítulo, sobre a Península Ibérica, começa com Portugal, abordando "Fátima e outros santuários marianos", "O milagre eucarístico de Santarém", "Mosteiros", "Bom Jesus do Monte" e "Rotas jacobeias"
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos