Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

"Música para a Epifania": 500 anos, de Palestrina a Rutter

"Música para a Epifania": 500 anos, de Palestrina a Rutter

Imagem Capa (det.) | D.R.

De Lasso e Palestrina até Poulenc e Rutter, no disco intitulado "Mater ora filium", Graham Ross e o coro do Clare College de Cambridge pesquisaram mais de 500 anos de música para construir um programa inteiramente dedicado à Epifania.

Trata-se de 20 quadros sonoros inspirados nas narrativas do nascimento de Jesus, da Sagrada Família e da visita dos magos para celebrar a revelação ao mundo do Salvador na sua simultânea grandeza e humildade de Deus feito homem.

O trecho mais antigo desta seleção é "Nesciens mater", do francês Jean Mouton (c. 1459-1522), exemplar compêndio de geometria contrapontística, cuja engenhosa estrutura de cânone a oito vozes se declina numa extraordinária variedade de soluções tímbricas e de tessitura vocal.

No século XVI destaca-se também o antigo texto do trecho "Illuminare, Jerusalem", extraído de um manuscrito escocês anónimo vertido para música por Judith Weir com uma breve e fascinante adaptação "a cappella".

Na variedade e na heterogeneidade da proposta brilham pela beleza, originalidade e resultado interpretativo obras-primas renascentistas como "Tribus miraculis ornatum", de Giovanni Pierluigi da Palestrina (c. 1525-94), "Omnes de Saba", de Orlando di Lasso (c. 1530-94) e "Ecce advenit dominator Dominus", di William Byrd (c. 1540-1623).

Ao sugestivo "Videntes stellam", de Francis Poulenc (1899-1963), com o seu refrão cristalino sustentado por vozes agudas, faz de contrabalanço o quente e aveludado tapete harmónco que envolve "I wonder as I wander", célebre canto aqui proposto numa tocante transcrição de John Rutter (n. 1945).

O disco termina com o trecho para duplo coro "Mater ora filium", do compositor inglês Arnold Bax (1883-1953): mais de 10 minutos entre saltos de oitavas e complexos episódios polifónicos em oito partes que colocam em primeiro plano a excelente qualidade técnica dos cantores do Clare College.









 

Andrea Milanesi
In "Avvenire"
Trad.: Rui Jorge Martins
Publicado em 06.01.2017

 

Título: Mater ora filium: Music for Epiphany
Interpretação, direção: Choir of Clare College, Graham Ross
Editora: Harmonia Mundi
Duração: 72 minutos
Referência editora / código de barras: HMU907653 / 0093046765323

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos