Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Multiculturalismo, saúde e era digital em debate entre crentes e não crentes no ciclo "Nova Ágora"

Multiculturalismo, saúde e era digital em debate entre crentes e não crentes no ciclo "Nova Ágora"

Imagem Cartaz (det.) | D.R.

"Olhares sobre o Multicultarismo" é o tema da próxima sessão do terceiro ciclo de conferências Nova Ágora, que a arquidiocese de Braga organiza com vista a promover da formação pessoal através do diálogo entre «diferentes perspetivas».

Ângelo Correia, Seixas da Costa, João Rosas e Rita Ribeiro marcam presença no Auditório Vita, na "Cidade dos Arcebispos", a 17 de março, a partir das 21h00, para um encontro com inscrições, gratuitas, já abertas.

«O que se propõe são encontros com pessoas que partilham o seu olhar sobre o mundo contemporâneo, pessoas que nos dão pistas, novos sinais, que apontam caminhos, sempre tudo em aberto, onde cada um tem a oportunidade de contraditar, de não inferir, de perguntar, mas, acima de tudo, de refletir, de trabalhar o conhecimento da realidade, de forma a que, individual e coletivamente, possamos seguir adiante, com a consciência de que há sempre muito a aprender», lê-se na nota de apresentação do ciclo.

O projeto, inspirado pelo Átrio dos Gentios, plataforma do Vaticano para o diálogo entre crentes e não crentes que em 2012 passou por Braga e Guimarães, pretende «contribuir para uma sociedade de horizontes mais amplos, com maior amplitude, com rasgos criativos sempre a acontecer».

«Gostaríamos que a Nova Ágora contribuísse para gerar capital coletivo, diálogo entre diferentes, capaz de, em conjunto, resolver conflitos, desenhar novas práticas, trazer novas experiências, dar presente a quem no presente não encontra futuro», sublinha na mesma nota o coordenador do projeto, P. Eduardo Duque.

O ciclo sobre «grandes temas da atualidade» prossegue no dia 24, com Maria Leonor Beleza, Sobrinho Simões, Maria do Céu Patrão Neves e Cecília Leão, que refletem sobre questões da saúde e qualidade de vida.

A edição de 2017 termina a 31 de março, com o debate "Olhares sobre a Era Digital”, protagonizado por José Vázquez, António Figueiredo, Alexandre Caldas e Manuel Pinto.

Uma das novidades deste ano é a possibilidade de participação no jantar com os conferencistas, opção que deve ser selecionada aquando da inscrição. O Auditório Vita também disponibiliza um serviço de "babysitting" gratuito para crianças a partir dos 3 anos.

O programa desta edição foi inaugurado a 17 de fevereiro pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com a intervenção intitulada "Os católicos e a democracia: um testemunho", seguida de uma conversa com o público.

Economia, Cultura, Política, Família, Trabalho, Educação e Arte foram os temas escolhidos nos anos anteriores, com a participação de Miguel Cadilhe, Silva Peneda, João Proença, João Lobo Antunes, Fernando Santos, Henrique Leitão, Assunção Cristas, José Junqueiro, Miguel Morgado, António Pinto Leite, Rosário Carneiro, Margarida Cordo, Gonçalo Lobo Xavier, Caldeira Cabral, Carvalho da Silva, Marçal Grilo, Álvaro Laborinho Lúcio, António Guterres, Rui Chafes e Pedro Sobrado.



 

SNPC
Publicado em 08.03.2017

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos