Prémio de Cultura Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Mensagem de D. Pio Alves na entrega do Prémio Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes a Francisco Sarsfield Cabral

Na Mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial das Comunicações Sociais deste ano, é-nos recordado que «o mundo dos mass-media não pode alhear-se da solicitude pela humanidade». E quando procura uma imagem bíblica para inspirar a missão dos cristãos nesse espaço de encontro e de cultura que a Comunicação Social é chamada a ser, o Papa Francisco evoca o episódio dos discípulos de Emaús. E dá esta justificação: «é preciso saber-se inserir no diálogo com os homens e mulheres de hoje, para compreender os seus anseios, dúvidas, esperanças, e oferecer-lhes o Evangelho, isto é, Jesus Cristo. (…) O desafio requer profundidade, atenção à vida e sensibilidade espiritual». Gostaria precisamente de retomar, da mensagem pontifícia, estes três requisitos para falar do agraciado com o Prémio "Árvore da Vida /Padre Manuel Antunes". Profundidade, atenção à vida e sensibilidade espiritual são traços que caracterizam o percurso do Dr. Francisco Sarsfield Cabral no espaço público português, e muito em especial na esfera dos media, onde há décadas tem uma voz própria e tão justamente apreciada.

Não é raro que à comunicação social, com maior ou menor razão, se etiquetem juízos como «superficial», «plana», «apressada» ou «sem substância». O Dr. Francisco Sarsfield Cabral não é certamente o único, mas é um ativo representante de um jornalismo diferente, um jornalismo profundo, reflexivo e preparado, que acredita naquilo que nos é recordado pelo Concílio Vaticano II, no Decreto Inter Mirifica: que só uma informação «objetivamente verdadeira» e «íntegra» «facilita aos homens um conhecimento mais amplo e contínuo dos factos, de tal modo que pode contribuir eficazmente para o bem comum e maior progresso de toda a sociedade humana» (IM 5).

Quem acompanha a prática jornalística do nosso agraciado sabe que a economia e a política são as temáticas predominantes, a ponto de poder-se falar de uma saudável especialização. Mas a economia e a política nunca aparecem desligadas da sua implicação na vida concreta do País e das pessoas. Pelo contrário. O Dr. Sarsfield Cabral defende que é sempre à luz de um ethos que os acontecimentos daquelas áreas devem ser interpretados. Nesse sentido, os títulos dos seus livros funcionam como uma espécie de programa: "Economia e Ética", “Autonomia Privada e Liberdade Politica", "Ética na Sociedade Plural". Ou as contínuas recomendações que faz para que se olhe a Doutrina Social da Igreja como uma fonte de inspiração do nosso viver coletivo. Por fim, a «atenção à vida» liga-se naturalmente àquilo que o Papa Francisco designa por «sensibilidade espiritual». A rede digital, e não só, «não é uma rede de fios, mas de pessoas humanas». Aqui recordo o que escreveu o nosso galardoado num artigo da Revista Brotéria afirmando que «o curto prazo onde se esgotam as preocupações dos dirigentes políticos e empresariais» ameaça tornar-se uma verdadeira bomba­relógio que coloca em causa não só a boa regulação da vida social, mas a própria realização da pessoa humana na sua visão mais plena [Cf. Brotéria 174 (2012) 127-137].

Por todas estas razões, quero agradecer ao Júri a possibilidade que nos dá de reconhecer publicamente a fecundidade e a relevância cultural de uma figura como a do Dr. Francisco Sarsfield Cabral. Quero agradecer à Rádio Renascença que em boa hora se associou ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura para a criação do Prémio "Árvore da Vida /Padre Manuel Antunes". E ao nosso homenageado quero dizer um enorme e sentido obrigado.

FotoFrancisco Sarsfield Cabral recebe de D. Pio Alves o Prémio Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes. Fátima, 30.5.2014

 

+Pio Alves
Presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
10.ª Jornada da Pastoral da Cultura, Fátima, 30.5.2014
© SNPC | 30.05.14

Redes sociais, e-mail, imprimir


D. Pio Alves

 

Ligações e contactos

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página