Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

"Laudato si'" é o título da nova encíclica do papa Francisco

Imagem Papa Francisco | D.R.

"Laudato si'" é o título da nova encíclica do papa Francisco

"Laudato si' [Louvado sejas], sobre o cuidado da casa comum" é o título da próxima encíclica do papa Francisco, sobre questões ambientais, que vai ser apresentada a 18 de junho, no Vaticano, revela hoje o serviço informativo da Santa Sé.

No encontro de apresentação do documento à imprensa estará o cardeal Peter Turkson, presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz - acentuando a dimensão social do texto -, o metropolita de Pérgamo, John Zizioulas, em representação do patriarcado ecuménico e da Igreja ortodoxa, e John Schellnhuber, fundador e diretor do Potsdam Institur for Climate Impact Research.

O texto da encíclica, que aborda a questão da desigualdade de acesso e distribuição dos recursos e da sobrexploração da natureza, estará à disposição em italiano, francês, inglês, alemão, espanhol e português.

O título da carta papal, que habitualmente corresponde às primeiras palavras do texto latino, surge desta vez em italiano, retomando a expressão «Louvado sejas» extraída do Cântico das Criaturas, de S. Francisco de Assis.

Na homilia da missa em que iniciou o ministério papal, a 19 de março de 2013, Francisco vincou que «a vocação de guardião» não diz respeito apenas aos cristãos, «mas tem uma dimensão antecedente, que é simplesmente humana e diz respeito a todos: é a de guardar a criação inteira, a beleza da criação, como se diz no livro de Génesis e (...) mostrou S. Francisco de Assis: é ter respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente».

A "encíclica verde", que já suscitou reservas por parte de políticos norte-americanos, foca-se igualmente na fome e no desperdício de alimentos, no aquecimento global, na desflorestação e na poluição, adiantou a página "Vatican Insider".

A segunda encíclica de Francisco, após a "Lumen fidei", parcialmente preparada pelo predecessor, Bento XVI, realça a dimensão ecuménica ao valorizar a palavra do patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I, da Igreja ortodoxa.

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 10.06.2015

 

 
Imagem Papa Francisco | D.R.
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos