Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Internet e interatividade aproximam Bíblia, Vaticano II e pensamento social cristão de novos públicos

Imagem D.R.

Internet e interatividade aproximam Bíblia, Vaticano II e pensamento social cristão de novos públicos

A internet, que passou a dispensar grande parte, ou mesmo a totalidade, das deslocações a locais de aprendizagem, possibilitando a expansão do ensino à distância ("e-learning"), constitui uma das principais apostas formativas da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.

Aliada à internet está a interatividade proporcionada por métodos pedagógicos modernos, enriquecidos pela disponibilização de recursos multimédia em áudio, vídeo e animação, que ampliam e complementam os tradicionais textos em papel, cuja leitura e estudo continua a ser fundamental para a transmissão de conteúdos.

Passou mais de uma década após o curso "Turismo e património religioso", que marcou a estreia da Faculdade de Teologia no domínio do "e-learning", formação seguida, pouco tempo depois, pela "Síntese Catequética Avançada", que chegou às dez edições anuais consecutivas.

O mesmo sistema de ensino, melhorado com a experiência pedagógica, bem como as crescentes capacidades multimédia, está na base das três propostas que a Faculdade de Teologia apresenta para 2016/17: "O mundo da Bíblia - Geografia, história, cultura", "Concílio Vaticano II - 50 anos depois" e "Pensamento social cristão. Memória e projeto".

Dirigido pelo diretor da Faculdade de Teologia, João Lourenço, o curso "O mundo da Bíblia" prolonga-se por seis meses, compreendendo quatro módulos: "A terra bíblica", "História bíblica I: de David ao Exílio", "História bíblica II: do Exílio ao tempo de Jesus" e " Judaísmo: instituições judaicas e hermenêuticas".

O curso "Concílio Vaticano II - 50 anos depois", coordenado por Jerónimo Trigo, que decorre durante um ano letivo (outubro a julho), começa pelo módulo "Antecedentes e contexto", que passa em revista, em duas secções, o cenário eclesial, social e cultural anterior à convocação do Concílio, e que o terão influenciado, pelo menos parcialmente nos documentos de trabalho, nas discussões e nas conclusões.

A segunda etapa, "O Concílio como acontecimento", é composta por quatro itens: "Convocatória e organização", "As quatro sessões", "Agentes principais" e "Significado histórico, social, cultural e eclesial".

"Os documentos conciliares" constitui o tema que ocupa o terceiro módulo, que estudará, por um lado, os textos fundamentais ("constituições"), e, num segundo momento, os "decretos" e as "declarações".

A quarta e última parte da formação, "Temas e perspetivas", é a mais extensa, compreendendo cinco secções, a começar por "A Palavra de Deus para hoje", que reflete sobre os desafios e interpelações da Sagrada Escritura.

A segunda secção do módulo IV, "A Igreja", centra-se na "Sinodalidade", "A Igreja Povo de Deus", "Os leigos", "Os ministros ordenados", "Os consagrados", "O lugar da Virgem Maria na Igreja" e "O ecumenismo".

"Vivência e celebração da fé" mobiliza a terceira secção, que desenvolverá "A espiritualidade", "A liturgia" e "Os sacramentos", enquanto que a quarta parte se centra na "Pessoa humana", com ênfase na "Ética teológica", "A liberdade religiosa" e "A família e o matrimónio".

Na quinta e última secção do módulo, "Agentes na história", os conteúdos exploram "As realidades terrenas e a sua autonomia", "Os sinais dos tempos e o seu discernimento", "Questões sociais e políticas" e "A missionação".

Igualmente a decorrer ao longo do ano letivo de 2016/17, o curso "Pensamento social cristão. Memória e projeto", com coordenação científica de José Manuel Pereira de Almeida, visa «proporcionar um itinerário de reflexão e estudo acerca do pensamento social cristão», «destacar os grandes marcos e temáticas da Doutrina Social da Igreja» e «contribuir para uma redescoberta da fé como compromisso com o projeto de Deus e a justiça social».

"Quando dizemos 'Pensamento Social Cristão' de que estamos a falar?", "Fundamentos bíblico-teológicos - Da lei aos profetas; Jesus e as primeiras comunidades" e "A atenção social da Igreja na História - Os cristãos e os problemas sociais" são os três primeiros módulos.

Os três capítulos seguintes, "Os 100 anos da doutrina social da Igreja - Da 'Rerum novarum' à 'Centesimus annus'", "Bento XVI - 'Caritas in veritate'; Francisco - 'Evangeli gaudium', 'Laudato si'" e "Bases e princípios da doutrina social da Igreja: desafios atuais ao compromisso social dos cristãos", concluem a formação.

As diversas partes de todos os cursos são apresentadas em blocos disponibilizados gradualmente, seguindo um calendário definido pela Coordenação Pedagógica. Os conteúdos disponibilizados estão acessíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, permitindo a cada estudante organizar o seu tempo de estudo.

O Gabinete de Apoio à Formação Avançada da Universidade Católica está ao serviço dos estudantes no que diz respeito às questões administrativas e instruções referentes à utilização da plataforma na internet, esclarecendo as dúvidas por correio eletrónico ou telefone.

O acompanhamento pedagógico dos estudantes é feito pela equipa coordenadora de cada curso, composta pelo seu diretor científico e pelo responsável pedagógico de todas as formações, Juan Ambrosio.

No início do ano, os estudantes devem escolher se desejam ser avaliados, modalidade reservada a pessoas com o mínimo do 12.º de escolaridade, e que implica a realização de trabalhos escritos.

Na modalidade de curso livre a avaliação não constitui requisito obrigatório, e os estudantes terão, da parte dos professores, a mesma atenção dedicada aos alunos sujeitos a provas e a uma nota final.

A primeira fase de candidatura aos cursos termina a 5 de agosto, enquanto que o segundo período decorre de 1 a 30 de setembro.

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 07.07.2016

 

 

 
Imagem D.R.
Dirigido pelo diretor da Faculdade de Teologia, João Lourenço, o curso "O mundo da Bíblia" prolonga-se por seis meses, compreendendo quatro módulos: "A terra bíblica", "História bíblica I: de David ao Exílio", "História bíblica II: do Exílio ao tempo de Jesus" e " Judaísmo: instituições judaicas e hermenêuticas"
A quarta e última parte da formação sobre o Concílio Vaticano II, "Temas e perspetivas", é a mais extensa, compreendendo cinco secções, a começar por "A Palavra de Deus para hoje", que reflete sobre os desafios e interpelações da Sagrada Escritura.
As diversas partes de todos os cursos são apresentadas em blocos, seguindo um calendário definido pela Coordenação Pedagógica. Os conteúdos estão acessíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, permitindo a cada estudante organizar o seu tempo de estudo
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos