O Evangelho das imagens
Projeto cultural
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosLigaçõesBreves Arquivo

Bíblia

O Evangelho das imagens

30.12.2009
Primeira Epístola de S. João 2, 12, 15-18

Imagem

Filhinhos, escrevo-vos, porque por seu nome os pecados vos são perdoados.
Não ameis ao mundo, nem as coisas que no mundo há: Se alguém ao mundo ama, o amor do Pai nele não está.
Porque tudo o que no mundo há, [como] a concupiscência da carne, e a concupiscência dos olhos, e a arrogância da vida, não é do Pai, mas é do mundo.
E o mundo passa, e sua concupiscência: mas aquele que a vontade de Deus faz, para semre permanece.

Imagem: El Greco

 

 

29.12.2009
Primeira Epístola de S. João 2, 3-6

Foto

E nisto sabemos que conhecido o temos, se seus mandamentos guardarmos.
Aquele que diz: Eu o conheço, e seus mandamentos não guarda, mentiroso é, e a verdade nele não está.
Mas qualquer que sua palavra guarda, nele verdadeiramente o amor de Deus aperfeiçoado está: nisto conhecemos que nele estamos.
aquele que diz que nele está, também andar deve como ele andou.

 

 

28.12.2009
Mateus 2, 13-18

Imagem

Eis que o Anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma ao menino, e a sua mãe, e foge para o Egipto, e fica-te lá até que eu to diga. Porque Herodes há-de buscar ao menino para o matar.
E despertando ele, tomou ao menino, e a sua mãe de noite e foi-se para Egipto.
E esteve lá até a morte de Herodes, para que se cumprisse o de que o Senhor falou pelo Profeta, que disse: De Egipto chamei a meu Filho.
Vendo-se então Herodes escarnecido dos Sábios, indignou-se em tanta maneira, que mandou matar a quantos meninos [havia] em Belém, e em todos seus termos, de [idade de] dois anos abaixo, conforme ao tempo que dos Sábios diligentemente inquirira.
Então se cumpriu o que foi dito pelo Profeta Jeremias, que disse:
Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro, e grande pranto: chorava Raquel seus filhos, e não quis ser consolada, porque já não são.

Imagem: Giotto

 

 

23.12.2009
Lucas 1, 57-79

Imagem

E a Elisabeth se lhe cumpriu o tempo de parir, e pariu um filho.
E ouviram os circunvizinhos, e seus parentes, que tinha Deus usado de grande misericórdia com ela; e alegraram-se com ela.
E aconteceu que ao oitavo dia vieram para circuncidarem ao menino; e chamavam o nome do seu pai, Zacarias.
E respondendo sua mãe, disse: Não, senão João será chamado.
E disseram-lhe: Ninguém há em tua parentela, que deste nome se chame.
E falaram por acenos a seu pai, como queria que lhe chamassem?
E pedindo ele a tabuinha de escrever, escreveu, dizendo: João é seu nome. E todos se maravilharam.
E logo a boca se lhe abriu e a língua se lhe [soltou]; e falava, louvando a Deus.
E veio um temor sobre todos seus circunvizinhos; e em todas as montanhas de Judeia foram divulgadas todas estas coisas.
E todos os que [as] ouviam, [as] punham em seus corações, dizendo: Quem será ora este menino? E a mão do Senhor era com ele.
E Zacarias seu pai foi cheio do Espírito Santo, e profetizou, dizendo:
Bendito o Senhor Deus de Israel, porque visitou e redimiu a seu povo.
E nos levantou o corno da salvação, na casa de David seu servo.
Como falou por boca de seus santos profetas, que desde o princípio do mundo [houve].
[Que] de nossos inimigos [nos] livraria, e da mão de todos os que nos aborrecem.
Para misericórdia a nossos pais fazer, e de seu santo concerto se lembrar:
[E] do juramento que a Abraão nosso pai jurou, que nos havia de dar:
Que libertados da mão de nossos inimigos, sem temor o serviríamos;
Em santidade e justiça, diante dele, todos os dias de nossa vida.
E tu, ó menino, Profeta do Altíssimo serás chamado: porque diante a face do Senhor hás-de ir a seus caminhos aparelhar.
Para seu povo conhecimento da salvação dar, em remissão de seus pecados.
Pelas entranhas da misericórdia de nosso Deus, com que o Oriente do alto nos visitou.
Para aparecer aos que em trevas, e em sombra de morte assentados estão; para endereçar nossos pés pelo caminho da paz.

Imagem: Fra Angelico

 

 

14.12.2009
Números 24, 2-7.17

Foto

E alçando Balaão seus olhos, e vendo a Israel que habitava segundo duas tribos, o Espírito de Deus veio sobre ele.
E alçou seu dito, e disse: Fala Balaão filho de Beor, e fala o varão de olhos abertos.
Fala o que ouve os ditos de Deus, o que vê a visão do Todo-poderoso, o enlevado, e o descoberto de olhos.
Quão boas são suas Tendas, ó Jacob! Tuas moradas ó Israel!
Como ribeiros se espraiam, como hortas junto aos rios: como árvores de sândalo o Senhor os plantou, como cedros junto ás águas.
De seus baldes manarão águas, e sua semente estará em muitas águas: e seu Rei se exaltará mais que Agag, e seu Reino será exaltado.
Vê-lo-ei, mas não agora; contemplá-lo-ei, mas não de perto: uma estrela procederá de Jacob, e um ceptro subirá de Israel.

Foto: Stephen Clark

 

 

10.12.2009
Isaías 41, 17-20

Foto

Os afligidos e necessitados buscam águas, mas nenhumas há; sua língua se seca de sede: eu o Senhor os ouvirei, eu o Deus de Israel os não desampararei.
Abrirei rios em lugares altos, e fontes no meio dos vales: tornarei o deserto em tanques de águas, e a terra seca em mananciais de águas.
Plantarei no deserto o cedro, a árvore de sita, e a murta, e a oliveira: juntamente porei no ermo a faia, o olmo, e o alemo.
Para que todos vejam e saibam, e considerem, e juntamente entendam, que mão do Senhor fez isto; e o santo de Israel o criou.

Foto: Frank Lukasseck/Corbis

 

 

7.12.2009
Isaías 35, 1-10

Foto

O deserto e os lugares secos se gozarão disto: e o ermo se alegrará e florescerá como rosa.
Confortai as mãos fracas, e esforçai os joelhos trementes.
Abundantemente florescerá, e também se alegrará de alegria, e jubilará; a glória do Líbano se lhe deu, o ornato do Carmelo e Saron: eles verão a glória do Senhor, o ornado de nosso Deus.
Dizei aos turbados de coração: Confortai-vos, não temais; eis que vosso Deus virá a tomar vingança, com pagos de Deus; ele virá, e vos salvará.
Então os olhos dos cegos serão abertos: e os ouvidos dos surdos se abrirão.
Então os coxos saltarão como cervo, e a língua dos mudos jubilará: porque águas arrebentarão no deserto, e ribeiros no ermo.
E a terra seca se tornará em tanques, e a terra sedenta em mananciais de água: e nas habitações em que jaziam os dragões, haverá erva com canas e juncos.
E ali haverá estrada alta e caminho, que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para estes: quem andar por este caminho, até os mesmos loucos não errarão por ele.
Ali não haverá leão, nem besta fera subirá a ele, nem se achará nele: porém só os redimidos andarão por ele.
E os resgatados do Senhor tornarão, e virão a Sião com júbilo, e alegria eterna haverá sobre suas cabeças: gozo e alegria alcançarão, e tristeza e gemido fugirá deles.

Foto: David Keaton/Corbis

 

 

3.12.2009
Isaías 26, 1-2.4

Foto

Naquele dia se cantará este cântico na terra de Judá: Uma forte cidade temos, Deus lhe pôs a salvação por muros e antemuros.
Abri as portas, para que entre nelas a gente justa, que guarda fidelidades.
Confiai no Senhor perpetuamente: porque em Deus o Senhor há uma rocha eterna.

Foto: Gérard Castello-Lopes

 

 

2.12.2009
Isaías 25, 6-10a

Imagem

E o Senhor dos exércitos fará neste monte a todos os povos um convite de cevados, convite de vinhos puros, de tutanos gordos, e de vinhos puros, bem purificados.
E devorará neste monte a máscara do rosto, com que todos os povos andam cobertos; e a cobertura com que todas as nações se cobrem.
Devorará também a morte com vitória, e assim limpará o Senhor as lágrimas de todos os rostos: e tirará o opróbrio de seu povo de toda a terra; porque o Senhor o disse.
E naquele dia se dirá: Eis que este é nosso Deus, a quem aguardávamos, e ele nos salvará: este é o Senhor, a quem aguardávamos: em sua salvação pois nos gozaremos e alegraremos.
Porque a mão do Senhor descansará neste monte.

Imagem: Ilda David'

 

 

30.11.2009
Romanos 10, 9-12

Foto

Se com tua boca ao Senhor Jesus confessares, e em teu coração creres, que Deus dos mortos o ressuscitou, salvo serás.
Porque com o coração se crê para justiça, e com a boca se faz confissão para salvação.
Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer, confundido não será.
Porque não há diferença, nem do Judeu, nem de Grego: Porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam.

Fotografia: David Alan Harvey/Magnum

 

 

26.11.2009
Daniel 6, 5-27

Imagem

Então os varões disseram: Nunca acharemos alguma ocasião contra este Daniel, se não a achamos contra ele em a lei de seu Deus.
Entonces estes Príncipes e Presidentes foram juntos ao Rei, e disseram-lhe assim: Ó Rei Dario, vive para sempre!
Todos os Príncipes do reino, os Perfeitos e Presidentes, Capitães e Corregedores, aconselharam-se a determinar um Édito Real, e fazer um mandamento firme, que qualquer que por espaço de trinta dias fizer uma petição para com algum Deus ou homem fora de ti, ó Rei, seja lançado na cova dos leões.
Agora pois, ó Rei, confirma o Édito, e assina a escritura, para que não se mude, conforme a lei dos Medos e dos Persas, que se não pode revogar.
Por esta causa o Rei Dario assinava esta Escritura e Edito.
Daniel pois, quando soube que a escitura estava assinada, entrou em sua casa; (tinha porém em seu cenáculo janelas abertas de fronte de Jerusalém): e três vezes ao da se punha de joelhos, e orava, e confessava diante de seu Deus, como o soía fazer dantes.
Então aqueles varões se foram juntos, e acharam a Daniel orando e suplicando diante de seu Deus.
Entonces chegaram-se, e disseram diante do Rei: Tocante o Édito Real, porventura não assinaste o Édito, que todo homem que pedir de qualquer deus ou homem por espaço de trinta dias, senão de ti, ó rei, será lançado na cova dos leões? Respondeu o Rei; e disse: Esta palava é certa, conforme à lei dos Medos e dos Prsas, que se não pode revogar.
Entonces responderam, e disseram diante do Rei: Daniel, que édos transportados de Judá, não tem feito caso de ti, ó Rei, nem do Édito que assinaste: antes três vezes ao dia faz sua oração.
Ouvindo o Rei então o negócio, pesou-lhe muito, e pôs o coração sobre Daniel, para fazê-lo escapar: e até que o sol se pôs, trabalhou para livrá-lo.
Entonces aqueles varões se foram juntos ao Rei, e disseram ao Rei: Saibas, ó Rei, que é lei dos Medos e dos Persas, que nenhum Édito ou ordenança, que El Rei determinou, se pode mudar.
Entonces o Rei mandou, que trouxessem a Daniel; e o lançaram na cova dos leões; e falando o Rei disse a Daniel: Teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te faça escapar.
E foi trazida uma pedra, e foi posta sobre a boca da cova: e o Rei a selou com seu anel, e com o anel de seus Grandes, para que se não mudasse a sentença acerca de Daniel.
Então o Rei se foi a seu palácio, e ficou a noite e jejum, e não deixou trazer perante si instrumentos de música; e seu sono se lhe tirou.
Entonces o Rei se levantou pela manhã cedo; e foi depressa à cova dos leões.
E chegando-se à cova, clamou a Daniel com voz triste: e falando o Rei disse a Daniel: Daniel, servo do Deus vivente! Também teu Deus a quem tu continuamente serves, te podia livrar dos leões.
Então Daniel falou ao Rei: Ó Rei, vive para sempre!
Meu Deus enviou seu Anjo, e tapou a boca dos leões, para que não me fizessem dano: porque diante dele inocência foi achada em mim: e também conta ti, ó Rei, não tenho cometido algum delito.
Entonces o Rei muito alegrou-se em si mesmo, e mandou tirar a Daniel da cova: assim Daniel foi tirado da cova, e nenhum dano se achou nele; porque crera em seu Deus.
Entonces mandou o Rei, e foram trazidos aqueles varões, que tinham acusado a Daniel, e foram lançados na cova dos leões, eles, seus filhos, e suas mulheres; e ainda não chegaram ao fundo da cova, quando os leões6 se apoderaram deles, e quebrantaram todos seus ossos.
Entonces o Rei Dario escreveu a todos os povos, nações e linguagens, que moram em toda a terra: Paz vos seja multiplicada.
Da minha parte é feito um decreto, que em todo o senhorio de meu reino todos tremam e temam perante a face do Deus de Daniel: porque ele é Deus vivente e permanecente par sempre, e seu reino se não pode destruir, e seu senhorio dura até ao fim.

Imagem: Peter Rubens

 

 

17.11.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 19, 1-10

Imagem

E eis que havia ali um varão chamado por nome Zaqueu, e era este Príncipe dos publicanos, e era rico.
E procurava ver a Jesus, quem fosse, e não podia, por causa da companha, porquanto era pequeno de estatura.
E correndo diante, subiu-se a uma figueira brava, para o ver; porque havia de passar por ali.
E como Jesus chegou àquele lugar, olhando para riba , viu-o, e disse-lhe: Zaqueu apressa-te, e descende: porque hoje me importa pousar em tua casa.
E apressando-se, descendeu, e recebeu-o gozoso.
E vendo todos [isto], murmuravam, dizendo, que entrara a pousar com um homem pecador.
E levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis aqui a metade de meus bens dou aos pobres; e se em alguma coisa a alguém defraudei, o rendo com os quatro tantos.
E Jesus lhe disse: Hoje houve salvação nesta casa, porquanto também este é filho de Abraão.
Porque o Filho do homem veio a buscar, e a salvar o que se havia perdido.

Imagem: James Tissot

 

 

16.11.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 18, 35-42

Imagem

E aconteceu, que chegando ele perto de Jericó, estava um cego assentado junto ao caminho, mendigando.
E ouvindo este passar a companha, perguntou que era aquilo?
E disseram-lhe, que Jesus Nazareno passava.
Entonces clamou, dizendo: Jesus, Filho de David, tem misericórdia de mim.
E os que iam passando o repreendiam, para que calasse: Porém ele clamava tanto mais: Filho de David, tem misericórdia de mim.
Jesus, entonces, parando, mandou-o trazer a si: e chegando ele, perguntou-lhe;
Dizendo: Que queres que te faça? E ele disse: Senhor, que veja.
E Jesus lhe disse: Vê, tua fé te salvou.

Imagem: El Greco

 

 

11.11.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 17, 12-19

Imagem

E entrando em uma certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe.
E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós.
E vendo-os ele, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos Sacerdotes. E aconteceu que indo eles, ficaram limpos.
E vendo um deles que estava são, tornou, glorificando a Deus à grande voz.
E derribou-se sobre [seu] rosto a seus pés, dando-lhe graças: e era este Samaritano.
E respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E aonde estão os nove?
Não se acharam nenhuns que a dar glória a Deus tornassem, senão este estrangeiro?
E disse-lhe: Levanta-te, e vai-te; tua fé te salvou.

Imagem: James Tissot

 

 

09.11.2009
Evangelho segundo S. João, 2, 14-17

Imagem

E achou no Templo aos que bois, e ovelhas, e pombas, vendiam, e aos cambiadores assentados.
E feito um açoute de cordéis, a todos fora do Templo os lançou, [como] também as ovelhas, e os bois; e o dinheiro dos cambiadores derramou, e as mesas transtornou.
E aos que vendiam as pombas disse: Tirai daqui isto, e não façais da casa de venda a casa de meu Pai.
E lembraram-se seus Discípulos, que está escrito: O zelo de tua casa me comeu.

Imagem: Giotto

 

 

23.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 12, 54-56

Imagem

Quando vedes a nuvem que vem do ocidente, logo dizeis: Lá vem chuva; e assim sucede.
E quando sopra o sul, dizeis: Calma haverá, e assim sucede.
Hipócritas, sabeis examinar a face da terra e do céu: e este tempo como não o examineis?

Imagem: John Francis Murphy

 

 

22.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 12, 49.51

Fogo

Vim a lançar fogo na terra; e que mais quero, se já está aceso?
Cuidais vosoutros que vim a dar paz á terra? Não, vos digo; porém antes dissensão.

 

 

20.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 12, 35-37

Foto

Estejam cingidos vossos lombos, e acesas as candeias.
E sede vosoutros semelhantes aos homens, que esperam a seu senhor, quando das bodas há-de tornar; para que quando vier, e bater, logo lhe possam abrir.
Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, os achar vigiando: em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa, e chegando-se os servirá.

Foto: rm

 

 

19.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 12, 17-21

Foto

Olhai, e guardai-vos da avareza; porque não consiste a vida de ninguém na abundância dos bens que possui.
E propôs-lhes uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico havia bem frutificado.
E arrazoava entre si, dizendo: Que farei? Que não tenho aonde ajuntar meus frutos.
E disse: Isto farei: meus celeiros derribarei, e maiores [os] edificarei, e ali toda esta minha novidade, e estes meus bens ajuntarei.
E a minha alma direi: Alma, muitos bens em depósito, para muitos anos tens; descansa, come, bebe, folga.
Porém Deus lhe disse: Louco, esta noite pedirão tua alma; e o que tens aparelhado, cujo será?
Assim [é] o que para si entesoura, e não é rico em Deus.

Foto: amanaimages/Corbis

 

 

16.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 12, 6-7

Foto

Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nem um deles está esquecido diante de Deus.
E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados: Não temais pois: mais valeis vosoutros que muitos passarinhos.

 

 

15.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas, 11, 46.52

Foto

Ai de vosoutros também Doutores da Lei,
que carregais aos homens com cargas difíceis de levar;
e vós mesmos nem ainda com um de vossos dedos
as [ditas] cargas tocais.
Ai de vosoutros Doutores da Lei,
que tomastes a chave da sapiência;
vós mesmos não entrastes,
e aos que entravam impedistes.

Foto: Torsten Kjellstrand

 

 

13.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas. 11, 37-41

Imagem

E estando ele [ainda] falando, rogou-lhe um Fariseu que viese jantar com ele; e entrando assentou-se [à mesa].
E vendo[-o] o Fariseu, maravilhou-se, de que não se lavara antes de jantar.
E o Senhor lhe disse: Agora vosoutros, os Fariseus, o exterior do copo e do prato alimpais; Porém vosso interior, de rapina e maldade está cheio.
Parvos, o que fez o exterior, não fez também o interior?
Porém dai de esmola o que tendes; e eis aqui tudo vos será limpo.

Imagem: Duccio

 

 

09.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas. 11, 14-17a.20

Imagem

E estava lançado fora a um Demónio, e era o tal mudo. E aconteceu que, saído o Demónio, o mudo falou, e as companhas se maravilharam.
Porém alguns diziam: Por Belzebu, Príncipe dos Demónios, lança fora aos Demónios.
E outros, atentando[-o], pediam-lhe sinal do céu.
Mas conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes:
Se eu pelo dedo de Deus lanço fora aos Demónios, certamente chegado é a vosoutros o Reino de Deus.

Imagem: Ilda David'

 

 

08.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas. 11, 9

Foto

Pedi, e dar-se-vos-á: buscai e achareis: batei, e abrir-se-vos-á.

Foto: Dario Mitideri

 

 

07.10.2009
Evangelho segundo S. Lucas. 1, 26-28.35

Imagem

Foi o Anjo Gabriel enviado de Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré:
A uma virgem desposada com um varão, cujo nome era José, da casa de David; e o nome da virgem era Maria.
E entrando o Anjo a ela, disse: Gozo hajas em graça aceita, o Senhor [é] contigo, bendita tu entre as mulheres.
O Espírito Santo sobre ti virá, e a virtude do Altíssimo com sua sombra te cobrirá. Pelo que também o Santo que de ti há-de nascer, Filho de Deus chamado será.

Imagem: Altar de Adrià, Catalunha, Espanha. C. 1200

 

 

28.09.2009
Livro de Zacarias 8, 3-8

Imagem

Assim fala o Senhor do universo: «Volto a Sião e vou habitar no meio de Jerusalém. Jerusalém será chamada ‘Cidade Fiel’, e a montanha do Senhor do universo, ‘Montanha Santa’.»
Assim fala o Senhor do universo: «Velhos e velhas sentar-se-ão ainda nas praças de Jerusalém; cada um terá na mão o seu bastão, por causa da sua muita idade.
As praças da cidade ficarão cheias de meninos e meninas que brincarão nelas.»
Assim fala o Senhor do universo: «Se isto parece um milagre aos olhos do resto deste povo, acaso será impossível aos meus olhos, naqueles dias?» - oráculo do Senhor do universo.
Assim fala o Senhor do universo: «Eis que Eu salvo o meu povo dos países do Oriente e dos países do Ocidente.
Eu os levarei a habitarem em Jerusalém. Eles serão o meu povo e Eu serei o seu Deus em fidelidade e em justiça.»

Trad.: Difusora Bíblica. Imagem: R. Zink (det.)

 

 

25.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 9, 18-20

Imagem

E aconteceu que estando ele só orando, estavam com ele os Dscípulos; e perguntou-lhes, dizendo: Quem dizem as companhas que eu sou?
E respondendo eles, disseram: [Alguns] João o Baptista; e outros, Elias; e outros, que algum Profeta dos Antigos ressuscitou.
E disse-lhes: E vosoutros quem dizeis que eu sou? E respondendo Pedro, disse: O Cristo de Deus.

Imgem: Grécia, séc. XVIII

 

 

24.09.2009
Livro de Ageu 1, 5-7

Foto

Ponde vossos corações em vossos caminhos.
Semeais muito, e recolheis pouco:
comeis, porém não vos fartais;
bebeis, porém não vos embebedais;
vestis-vos, porém não vos aquentais:
e o que recebe salário, recebe o salário em bolsa furada.
Assim diz o Senhor dos exércitos: Ponde vossos corações em vossos caminhos.

Foto: David Madison/Corbis

 

 

23.09.2009
Livro de Esdras, 9,5-6.8-9

E perto do sacrifício da tarde me levantei de minha aflição, havendo já rasgado meu vestido e minha capa: e inclinei-me sobre meus joelhos, e estendi minhas mãos ao Senhor meu Deus.
E disse: Deus meu, estou confuso e envergonhado, para levantar a ti o meu rosto, Deus meu: porque nossas iniquidades se multiplicaram sobre nossa cabeça, e nossa culpa tem crescido até aos céus.
E agora, como por um pequeno momento, se nos fez graça da parte do Senhor nosso Deus, para deixar-nos evasão e para dar-nos uma estaca em seu santo lugar: para alumiar nossos olhos, ó Deus nosso, e para dar-nos uma pouca de vida em nossa servidão.
Porque servos somos; porém em nossa servidão não nos desamparou nosso Deus.

Imagem

Escola de Rembrandt

 

 

22.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 8, 19-21

E vieram a ele sua mãe, e [seus] irmãos, e não podiam chegar a ele, por causa da companha.
E foi-lhe denunciado [por alguns], dizendo:
Tua mãe, e teus irmãos estão fora, que te querem ver.
Porém respondendo ele, disse-lhes:
Minha mãe e meus irmãos, são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a fazem.

Foto

Donna Ferrato

 

 

18.09.2009
1.ª Carta a Timóteo 6, 7-12

Nada ao mundo trouxemos, e manifesto é que nada dele levar podemos.
Tendo porém sustento, e com que nos cubramos, com isso contentes estejamos.
Mas os que enriquecer-se querem, caem em tentação, e [em] laço, e [em] muitas loucas e nocivas concupiscências, que aos homens em perdição e ruína anegam.
Porque o amor do dinheiro é a raiz de todos os males: o que apetecendo alguns da fé se desviaram, e a si mesmos com muitas dores se trespassaram.
Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas: e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, [e] a mansidão.
Milita a boa milícia da fé: lança mão da vida eterna, para a qual também chamado és, e já a boa confissão diante de muitas testemunhas confessaste.

Foto

Boogie

 

 

17.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 7, 36-39.44-47

E rogou-lhe um dos Fariseus que comesse com ele; e entrando em casa do fariseu, assentou-se [à mesa].
E eis uma mulher que na cidade era pecadora, entendendo que estava [à mesa] em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro de unguento.
e estando de trás a seus pés, começou, chorando, a regar-lhe os pés com lágrimas; e alimpava-lhos com os cabelos de sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o unguento.
E como [isto] viu o Fariseu que convidado o tinha, falava consigo, dizendo: Se este fora Profeta, bem soubera quem, e qual é a mulher que o toca: porque pecadora é.
E virando-se para mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Em tua casa entrei, [e] água aos pés me não deste; e esta os pés com lágrimas me regou, e com os seus cabelos d sua cabeça [mos] limpou.
Beijo me não deste; e esta, desde que entrou, de me beijar os pés não cessou.
A cabeça com óleo me não ungiste, e esta os pés com unguento me ungiu.
Pelo que te digo, que seus muitos pecados perdoados [lhe] são, porque muito amou: Mas ao que pouco se perdoa, pouco ama.

Imagem

Rubens

 

 

16.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 7, 31-35

A quem pois compararei os homens desta geração? E a quem semelhantes são?
Semelhantes são aos rapazes assentados na praça, e uns aos outros clamam, e dizem: Tangemo-vos com flautas, e não baralhastes; cantámo-vos lamentações, e não chorastes.
Porque veio João Baptista, que nem comia pão, nem bebia vinho, e dizeis: Demónio tem.
Veio o Filho do homem, que come e bebe, e dizeis: Vedes aqui um homem comilão, e bebedor de vinho, amigo de publicanos e de pecadores.
Mas de todos seus filhos foi a sabedoria justificada.

Imagem

Jan Vermeyen

 

 

15.09.2009
Evangelho segundo S. João 19, 25-27

E estavam junto à cruz de Jesus, sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria [mulher] de Cleopa, e Maria Madalena.
E vendo Jesus a [sua] mãe, e ao Discípulo a quem amava; que ali estava, disse a sua mãe:
Mulher, eis aí teu filho.
Depois disse ao Discípulo:
Vês aí tua mãe.
E desde aquela hora recebeu o Discípulo em sua [casa].

Imagem

Rouault

 

 

10.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 6, 28-31.35-36

Bendizei aos que vos maldizem, e orai pelos que vos violentam.
Ao que te ferir em uma face, oferece-lhe também a outra; e ao que te tirar a capa, nem a roupeta lhe impidas.
E a qualquer que te pedir, dá; e ao que o teu te tomar, não [lho] tornes a pedir.
E como vós quereis que vos façam os homens, fazei-lhes vosoutros também da mesma maneira.
Amai a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem disso nada esperar; e será grande vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque é benigno [até] para com os ingratos e maus.
Sede pois misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.

Imagem

John Piper

 

 

09.09.2009
Evangelho segundo S. Lucas 6, 20-26

E levantando ele os olhos para seus Discípulos, dizia: Bem-aventrados vós pobres, porque vosso é o Reino de Deus.
Bem-aventurados vós, os que agora tendes fome, porque sereis fartos. Bem-aventurados vós, os que agora chorais, porque rireis.
Bem-aventurados sereis quando os homens vos aborrecerem, e quando vos separarem, e vos injuriarem, e vosso nome, como mau rejeitarem, por amor do Filho do homem.
Gozai-vos naquele dia, e alegrai-vos, porque vedes aqui grande é nos céus vosso galardão; porque assim faziam seus pais aos Profetas.
Mas ai de vosoutros ricos, porque já tendes vossa consolação.
Ai de vosoutros, os que estas fartos, porque havereis fome. Ai de vosoutros, os que agora rides, porque lamentareis, e chorareis.
Ai de vosoutros quando todos os homens de vós bem disserem; porque assim faziam seus pais aos falsos Profetas.

Foto

 

 

08.09.2009 [Natividade da Virgem Santa Maria]
Evangelho segundo S. Mateus 1, 18-20.22-23

E o nascimento de Jesus Cristo foi assim; que estando Maria sua mãe desposada com José, antes que se ajuntassem, foi achada prenha do Espírito Santo.
Então José seu marido, como era justo, e publicamente a não quisesse infamar, qui-la deixar secretamente.
E intentando ele isto, eis que o Anjo do Senhor lhe apareceu em sonho, dizendo: José, filho de David, não temas recear a Maria tua mulher, porque o que nela está gerado, do Espírito Santo é.
Tudo isto aconteceu, para que se cumprisse o de que o Senhor falou pelo Profeta, que disse:
Eis que a Virgem conceberá, e parirá um filho, e chamarás seu nome Emanuel, que traduzido, é, Deus connosco.

Imagem

 

 

10.08.2009
Evangelho segundo S. João 12, 24-26

Em verdade, em verdade vos digo, se o grão de trigo, que na terra cai, não morrer, ele só se fica; porém se morre, muito fruto dá.
Quem sua vida ama, perdê-la-á; e quem neste mundo sua vida aborrece, para a vida eterna a guardará.
Se alguém me serve, siga-me; e aonde eu estiver, ali estará também meu servidor. E se alguém me servir, o Pai o há-de honrar.

Imagem

Jean-François Millet

 

 

07.08.2009
Evangelho segundo S. Mateus 16, 24-26

Entonces disse Jesus a seus Discípulos:
Se alguém quiser vir após mim,
negue-se a si mesmo, e tome sobre si sua cruz, e siga-me.
Porque qualquer que quiser salvar sua vida,
perdê-la-á;
porém qualquer que por amor de mim perder sua vida,
achá-la-á.

Foto

Larry Towell / Magnum

 

 

06.08.2009
Evangelho segundo S. Mateus 14, 22a-32

E seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, e levou-os à parte sós a um alto monte: e transfigurou-se diante deles.
E seus vestidos se tornaram resplandecentes, mui brancos como a neve, quais lavadeiro os não pode branquear na terra.
E apareceu-lhes Elias com Moisés, e falavam com Jesus.
E respondendo Pedro, disse a Jesus: Mestre, bom é que nós estejamos aqui, e façamos três cabanas, para ti uma, e Moisés uma, e para Elias uma.
Porque não sabia o que dizia, que estavam assombrados.
E desceu uma nuvem que os cobriu com sua sombra, e veio uma voz da nuvem que dizia: Este é o meu amado Filho; a ele ouvi.

Imagem

Início do séc. XV

 

 

04.08.2009
Evangelho segundo S. Mateus 14, 22a-32

E logo Jesus constrangeu a entrar no barco a seus Discípulos, e que fossem diante dele para a outra banda.
E despedidas as companhas, subiu só ao monte à parte a orar. E vinda já a tarde, estava ali só.
E já o barco estava no meio do mar atormentado das ondas: porque o vento era contrário.
Mas à quarta vela da noite descendeu Jesus a eles andando sobre o mar.
E vendo-o os Discípulos andar sobre o mar, turbaram-se, dizendo: Fantasma é, e clamam de medo.
Mas Jesus lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, eu sou, não hajais medo.
E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me vir a ti sobre as águas.
E ele disse: Vem. E, descendo Pedro do barco, andou sobre as águas, para vir a Jesus.
Mas vendo o vento forte, temeu e começando-se a afundar, clamou, dizendo: Senhor, salva-me.
E estendendo Jesus logo a mão, pegou dele, e disse-lhe: [Homem] de pouca fé, por que duvidaste?
E como subiram no barco, o vento se aquietou.

Imagem

Ilda David' (detalhe)

 

 

03.08.2009
Evangelho segundo S. Mateus 14, 14-20

E saindo Jesus, viu uma grande companha, e moveu-se à íntima compaixão deles: e curou aos [que] deles [havia] enfermos.
E vinda já a tarde, chegaram-se a ele seus Discípulos, dizendo: O lugar é deserto, e o tempo é já passado; despede às companhas para que se vão pelas aldeias, e comprem para si de comer.
Mas Jesus lhes disse: Não têm necessidade de se irem; dai-lhes vosoutros de comer.
Porém eles lhe disseram: Não temos aqui senão cinco pães, e dois peixes.
E ele disse: Trazei-mos aqui.
E mandando às companhas que se assentassem sobre a serva, e tomando os cinco pães, e os dois peixes, e levantando os olhos ao céu, benzeu[-os]; e partindo os pães, deu-os aos Discípulos, e os Discípulos às companhas.
E comeram todos, e fartaram-se. E levantaram do que sobejou dos pedaços, doze alcofas cheias.

Imagem

Lambert Lombard

 

Tradução: João Annes Ferreira d'Almeida
Fixação do texto: José Tolentino Mendonça



 

 

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Subscreva

 


 

Mais artigos

Leitura
Imagem/Vídeo
Mais vistos

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página