Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Enganar o tempo

Enganar o tempo

Imagem Mikhail Leonov/Bigstock.com

«O homem moderno pensa que perde tempo quando não faz as coisas à pressa. Todavia não sabe depois o que fazer do tempo que poupou, a não ser matando-o.»

«Matar o tempo» é uma expressão forte que entrou, inclusive, noutras línguas, e que reflete muitas vezes o paradoxo assinalado pelo psicanalista alemão Erich Fromm (1900-1980) na sua obra mais feliz, “A arte de amar”, de que extraímos a citação.

Por um lado, o grande mandamento é o de não perder tempo, de agir com celeridade, de não dar trégua a si próprio enquanto não foram alcançadas as metas predefinidas, ignorando tudo o resto, “drogando” os próprios ritmos do corpo. «Tempo é dinheiro!», repetem-nos desde que somos crianças.

Por outro lado, porém, quando se consegue finalmente ter tempo livre e disponível, não se sabe o que fazer dele, é como um brinquedo inútil, e então entra em cena a frase citada: resignamo-nos a “matar o tempo”, a esperar voltar à agitação.

A razão última desta contradição está precisamente na incapacidade de viver o tempo, sem ser ou exterior a ele ou seu escravo. Equilibrar os ritmos, reencontrar “tempos e momentos” para cada ação, como dizia o Qohélet bíblico.

Ser capaz de agir e refletir, de trabalhar e de cultivar interesses mais livres e criativos, viver os dias de semana e desfrutar dos dias festivos, imergir nas coisas e reencontrar-se a si mesmo na oração e no silêncio: é esta a difícil arte de viver o tempo.

Gostei sempre de uma frase do famoso romance “Gargântua e Pantagruel”, de Rabelais, que, reescrevendo o dito de Jesus sobre o sábado, afirmava: «As horas são feitas para o homem, e não o homem para as horas».



 

P. (Card.) Gianfranco Ravasi
In "Avvenire"
Trad.: SNPC
Publicado em 13.12.2017

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos