Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Dia Internacional e Noite Europeia dos Museus: (Re)descobrir história, cultura e espiritualidade

Dia Internacional e Noite Europeia dos Museus: (Re)descobrir história, cultura e espiritualidade

Imagem Tupungato/Bigstock.com

O Dia Internacional dos Museus, que se assinala esta quinta-feira, 18 de maio, é o pretexto para o lançamento de perto de 250 atividades, na maioria gratuitas, que pretendem atrair o público, visitante habitual ou não, para redescobrir a história, a cultura e a espiritualidade de matriz cristã que configuraram Portugal.

«Os espaços museológicos que integram a Rede Portuguesa de Museus irão realizar diversas iniciativas com o objetivo de aprofundar a sua ligação com os visitantes e de envolver novos públicos em torno do conhecimento das coleções e da salvaguarda e valorização do património cultural», refere a Direção Geral do Património Cultural (DGPC).

Espetáculos de teatro e dança, intervenções musicais, performances, visitas guiadas e encenadas e conferências são algumas das atividades propostas, muitas das quais em espaços religiosos e museus com temática cristã, como o Mosteiro de Alcobaça, Museu Nacional Machado de Castro (Coimbra), Museu Nacional de Arte Antiga (Lisboa), Palácio Nacional de Mafra, Consolata Museu (Fátima), Museu Convento dos Lóios (Santa Maria da Feira), Convento de Cristo (Tomar) e Museu Nacional Grão Vasco (Viseu).

No Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, na quinta-feira, pelas 18h00, é inaugurada a exposição "O azeviche. O sagrado e o profano”, seguindo-se a visita guiada. Da peregrinação a Compostela da rainha Santa Isabel de Aragão (1325), fundadora do mosteiro, aos objetos de devoção, adorno e superstição, a mostra dá a conhecer singularidades da comunidade monacal. Os visitantes podem ver a coleção de Azeviches, constituída por peças exumadas nas escavações realizadas entre 1996 e 2000, refere uma nota de imprensa da Direção Regional de Cultura do Centro. Às 19h00 decorre a conferência “Azeviches compostelanos em Santa Clara de Coimbra e as relações com a Galiza”, com Pedro Dias, que abre o ciclo de 7 intervenções no âmbito da exposição.

Na quinta-feira todos os museus, palácios e monumentos tutelados pela DGPC têm entrada gratuita, o mesmo ocorrendo a 20 de maio, a partir das 18h00, excetuando o Convento de Cristo, Mosteiro da Batalha, no Mosteiro dos Jerónimos, no Museu de Conimbriga, no Panteão Nacional e Torre de Belém, que encerram no horário habitual.

As comemorações estendem-se até domingo, incluindo, no sábado, a Noite Europeia dos Museus, instituída pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação, a que vários museus portugueses se vão associar (cf. programas integrais do Dia e Noite dos Museus, no fim deste artigo).

Na área de Lisboa serão propostas na noite do dia 20 duas rotas para transportar os visitantes num percurso composto por 10 museus, que nesse dia ficarão abertos até às 00h00 (última entrada às 23h00). Um dos itinerários, na zona de Belém, passa pelo Museu de Arqueologia, Museu de Etnologia, Museu dos Coches, Museu de Arte Popular e Palácio Nacional da Ajuda, enquanto que o segundo incide no centro da cidade (Casa-Museu Anastácio Gonçalves, Museu do Azulejo, Museu do Traje, Museu do Teatro e Museu da Música). Em Coimbra, no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, anunciam-se visitas guiadas às 21h00, 22h00 e 23h00.

O ICOM – Conselho Internacional de Museus, responsável pela criação deste Dia, definiu como tema de reflexão, para 2017, "Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus".








 

 






 

 

SNPC
Publicado em 17.05.2017

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos