Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Desporto é mais que entretenimento, é meio para encontro e solidariedade, diz mensagem papal

O papa está convicto de que o desporto deve ser promovido como «exercício da prática da virtude que ajuda o crescimento integral dos seres humanos», refere uma mensagem revelada hoje pelo jornal do Vaticano, “L’Osservatore Romano”.

A missiva, assinada pelo secretário de Estado da Santa Sé, Pietro Parolin, é endereçada aos participantes no seminário sobre o «desporto como instrumento para o desenvolvimento humano económico e social», que decorre deste 25 de agosto no Rio de Janeiro, Brasil.

«O desporto não é apenas uma forma de entretenimento, mas sobretudo um instrumento para construir uma cultura do encontro, da fraternidade e da solidariedade, caminho seguro para a construção de um mundo mais pacífico e justo», assinala a carta.

Trata-se de um encontro de «altíssimo nível», explica o P. Melchor Sánchez de Toca, subsecretário do Conselho Pontifício da Cultura e responsável pelo seu departamento de desporto, que leu a mensagem aos participantes.

O desporto, «como a arte a a cultura, move-se no plano do ser, e não do ter», declarou o sacerdote espanhol na intervenção que proferiu na cimeira, afirmação corroborada pela equipa de atletismo da Santa Sé, Athletica Vaticana.

Vidar Hallsorsson, especialista em análise social, caracterizou o modelo desportivo adotado na Islândia, capaz de reduzir drasticamente o abuso de álcool e drogas entre os jovens, estratégia que tem obtido sucesso por exemplo no futebol, atestada pelos resultados obtidos nos recentes campeonatos da Europa e do mundo.

Vera Cíntia Alvarez, por seu lado, sublinhou que o desporto «tem um poder e um potencial “macio” ao serviço do diálogo para a resolução dos conflitos, como se viu, em particular, este ano nas Olimpíadas de Inverno coreanas».

No seminário houve espaço para a apresentação do testemunho «de muitos campeões brasileiros, que criaram associações e fundações para promover a solidariedade e a educação através do desporto», sublinhou o P. Sánchez de Toca.

Essas iniciativas, destacou o responsável, foram inspiradas pelos conteúdos e indicações do congresso sobre «o desporto ao serviço da humanidade», organizado no Vaticano, em 2016, pelo Conselho Pontifício da Cultura.


 

Fonte: L'Osservatore Romano
Redação: Rui Jorge Martins
Imagem: vverve/Bigstock.com
Publicado em 28.08.2018

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos