Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Curso sobre Fátima para crentes e não crentes envolve Bíblia, arte, política, economia, teologia e espiritualidade

Curso sobre Fátima para crentes e não crentes envolve Bíblia, arte, política, economia, teologia e espiritualidade

Imagem Basílica da Santíssima Trindade | Fátima | D.R.

“Fátima, a cultura e as artes: dos pés peregrinos ao olhar dos artistas” e “Fátima e o mundo contemporâneo” são dois dos 14 temas a desenvolver na formação livre “O Acontecimento Fátima: curso interdisciplinar”, que se inicia em janeiro, em Lisboa.

A iniciativa, organizada pela Universidade Católica Portuguesa e pelo Santuário da Cova da Iria, visa, entre outros objetivos, «identificar implicações transversais do fenómeno de Fátima» e «analisar em abordagens multidisciplinares» alguns dos seus aspetos específicos, refere o documento de apresentação.

O coordenador da formação explica que «o curso dirige-se a todas as pessoas — crentes ou não — que se deixem interpelar por este fenómeno que, do ponto de vista religioso mas não só, é um dos temas mais importantes do catolicismo contemporâneo»,

«Importa sobretudo dotar os formandos de ferramentas que auxiliem à compreensão de um fenómeno que perpassa o mundo das ciências da religião mas que extravasa também para o mundo da cultura, da sociologia, da política, da geografia humana, da expressão artística, dos “media”, da economia», acrescenta Marco Daniel Duarte, em declarações à Sala de Imprensa do Santuário.

As sete sessões presenciais, que decorrem às terças-feiras, de 17 de janeiro a 27 de fevereiro, na Universidade Católica, em horário laboral, destinam-se a investigadores e estudantes universitários, bem como a formadores/catequistas e outros agentes pastorais.

“O contexto histórico de 1917: o país e o mundo ao tempo das aparições (António Matos Ferreira), “Fátima e o mundo contemporâneo” (José Miguel Sardica), “O lugar de Fátima ao tempo das aparições: caracterização socioeconómica e política” (José Poças das Neves) e “Leituras sobre Fátima ao longo de 100 anos: diferentes interpretações e instrumentalizações de um fenómeno religioso” (Marco Daniel Duarte), constituem os temas em análise nas duas primeiras sessões (em cada encontro apresentam-se dois temas).

O programa prossegue a 31 de janeiro e 7 de fevereiro com “As fontes para o estudo de Fátima: fontes escritas e fontes materiais” (Marco Daniel Duarte), “A cronologia e os protagonistas de Fátima: súmula dos episódios mais significativos” (Sónia Vazão), “Aparições e história da salvação: uma hermenêutica teológica” (João Lourenço) e “As aparições angélicas de Fátima” (Américo Pereira).

A 14 e 21 de fevereiro as sessões centram-se sobre “A Mensagem de Fátima, Profecia de Misericórdia” (José Eduardo Borges de Pinho), “O bispo, os peregrinos e a capela: desafios eclesiológicos a partir da simbólica de Fátima” (Pedro Valinho Gomes), “O Segredo de Fátima: do tempo da escrita ao tempo da revelação” (Sónia Vazão) e “Viver Fátima: da Mensagem à Espiritualidade” (Carlos Cabecinhas).

“A construção do santuário: a arte como cenário e como protagonista de uma específica Mensagem” (Marco Daniel Duarte) e “Fátima, a cultura e as artes: dos pés peregrinos ao olhar dos artistas” (José Tolentino Mendonça) são os temas que encerram o curso, a 27 de fevereiro.

As inscrições decorrem até 15 de janeiro.



 

Rui Jorge Martins
Publicado em 22.12.2016

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos