Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Crianças católicas, ortodoxas, muçulmanas, budistas e ateias vão de comboio ver o papa

O Átrio dos Gentios, plataforma para o diálogo entre crentes e não crentes do Conselho Pontifício da Cultura (Vaticano) realiza no próximo sábado a sexta edição do "Comboio das Crianças", dedicada ao tema "Pequenos viajantes, grandes arquitetos".

São mais de 500 as crianças católicas, ortodoxas, muçulmanas, budistas e ateias das periferias de Milão e Roma que se vão encontrar com o papa Francisco, anuncia uma nota da Sala de Imprensa da Santa Sé.

O projeto, promovido com a colaboração da companhia estatal de caminhos de ferro, pretende «oferecer aos pequeninos que vivem em condições desfavoráveis um dia de alegria e, ao mesmo tempo, considerar alguns dos grandes problemas» da sociedade.

O tema em foco este ano é «a requalificação urbana das periferias, com particular atenção ao olhar dos mais pequenos aos espaços e realidade que os rodeiam», refere o comunicado.

Os bairros periféricos de Milão de onde são originárias as crianças caracterizam-se «por importantes complexidades e fragilidades sociais, com significativa presença de famílias estrangeiras, altas taxas de microcriminalidade e numerosos problemas urbanísticos».

O acolhimento às crianças de Milão vai ser feito por alunos de duas escolas dos arredores de Roma, que chegarão ao Vaticano através de autocarros cedidos por uma empresa afiliada da companhia de comboios.

O auge do dia será o encontro com o papa: perante Francisco, «os pequenos viajantes contarão o percurso pedagógico realizado, que os levou à descoberta dos seus bairros e à elaboração de ideias e soluções para conhecer e melhorar a qualidade de vida».

O "Comboio das Crianças" já levou à estação de caminhos de ferro do Vaticano, desde 2013, centenas de crianças que vivem em condições desfavorecidas, como migrantes, alunos em risco de abandono escolar, filhos de reclusos e habitantes das cidades do centro de Itália atingidas por sismos.


 

SNPC
Imagem: Crianças com o papa Francisco e cardeal Gianfranco Ravasi | D.R.
Publicado em 09.06.2018

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos