Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro torna pública presença na internet

Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro torna pública presença na internet

Imagem Página da Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro (det.) | D.R.

«A promoção do diálogo entre a Igreja e a Cultura e a valorização da diversidade de expressões culturais» presentes na diocese, objetivos da Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro, adquirem a partir de hoje novo instrumento e visibilidade com a divulgação pública da nova página na internet.

Em mensagem publicada a 8 de janeiro, o bispo aveirense pede à Comissão que «promova a inculturação da fé e a evangelização das culturas com ações que provoquem o encontro e o diálogo, de preferência em espaços públicos, utilizando sempre uma linguagem acessível e simples, compreensível pelas novas culturas e que facilitem a abertura ao encontro do transcendente e estimulem o desejo e necessidade de formação».

«O modelo da nossa padroeira Santa Joana Princesa deve ser fonte de inspiração para todos aqueles que querem ver na nossa terra este diálogo entre a fé e a cultura e que se materializou, ao longo dos tempos, em tantas formas artísticas que ainda hoje estão à nossa disposição e que nos levam a ver como a beleza feita arte pode ser um belo instrumento para anunciar a Boa Nova de Jesus», sublinha D. António Moiteiro.

O prelado lembra que «para o desenvolvimento da cultura importa ter em conta não só as condições mínimas julgadas necessárias à vida humana (emprego, direito à saúde, luta contra a pobreza…), mas vencer também as várias formas de pobreza cultural: em caso extremo é o analfabetismo, mas a ausência ou escassez de oportunidades de formação e a exclusão da vida social e cultural são outras formas de pobreza cultural».

«O Papa Francisco alerta-nos para o perigo que existe na rutura entre a fé e a cultura ao afirmar na “Alegria do Evangelho” que não devemos ignorar a enorme importância que tem uma cultura marcada pela fé, porque, não obstante os seus limites, esta cultura evangelizada contém valores de fé e solidariedade que podem provocar o desenvolvimento duma sociedade mais justa e mais crente», aponta o bispo de Aveiro.

Em nota enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, Pedro Ferreira, membro da Comissão, diz esperar que a presença na internet, mais do que dar a conhecer as atividades, facilite «a divulgação de ideias que contribuam para o desejável diálogo entre a fé e a cultura».

“Rosto de misericórdia”, sobre o padre Urbino de Pinho, redigido pelo padre Georgino Rocha, e “Radcliffe convida muita gente para o drama”, de Jorge Pires Ferreira, constituem os títulos dos artigos no topo da página.

Na secção “Acontece”, os leitores encontram sugestões de livros, como “As minhas leituras”, de Luigi Giussani, espetáculos e notícias.

O espaço “Igreja e cultura” apresenta o texto “Para uma Pastoral da Cultura”, bem como os documentos das instituições da Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro e do Conselho Pontifício para a Cultura.

“Olhares” revela a vocação da venezuelana Karina de Oliveira, lusodescendente, residente em Ílhavo, enfermeira, que se prepara para ser missionária leiga e «fez voluntariado com pessoas com doença mental, crianças e jovens em situação de emergência, sem-abrigo, trabalhadores de sexo, imigrantes em situação irregular e idosos».

Na mesma secção oferecem-se dois excertos do livro “Uma Europa cristã: contributo para uma reflexão sobre a identidade europeia” (Joseph Weiler, ed. Principia) e o artigo de opinião “Ser ‘bem educado’”, de Manuel Alte da Veiga.

Presidida por Luís Manuel Pereira da Silva e tendo como assistente o padre Georgino Rocha, a Comissão Diocesana da Cultura foi fundada em 2005, sendo atualmente composta por nove pessoas, que também assumem a publicação da revista “Igreja Aveirense”.

A data escolhida para a divulgação pública da página coincide com o primeiro dia da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.



 

Rui Jorge Martins
Publicado em 18.01.2017

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos