Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Música: Cinco novas obras de compositores portugueses sobre o "Regina Coeli" apresentadas ao público

Música: Cinco novas obras de compositores portugueses sobre o "Regina Coeli" apresentadas ao público

Imagem D.R.

A antífona litúrgica "Regina Coeli" (Rainha dos Céus) constitui o «fio condutor» das cinco novas obras musicais, compostas por autores portugueses sobre poesia do P. José Tolentino Mendonça, que vão ser apresentadas este sábado, em Lisboa.

Alfredo Teixeira, Daniel Davis, José Luís Ferreira, Nuno da Rocha e Sara Ross são os compositores que se associaram à iniciativa do Coro Regina Coeli de Lisboa, no contexto do 50.º aniversário.

“Regina Coeli: 5 décadas de História, 5 obras para o futuro” «toma como base a poesia de José Tolentino Mendonça, poeta fundamental do panorama literário português da atualidade», assinala a nota de imprensa enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Os textos do poeta madeirense «relacionam-se com o hino mariano e abrem para outras leituras, dentro de um universo de espiritualidade não necessariamente sagrada mas interpeladora e contemporânea», explica o texto.

Na sessão, que decorre no Salão Nobre da Academia das Ciências de Lisboa, às 21h00, «será relatado o processo criativo, através do diálogo entre o maestro Pedro Miguel e os compositores», tendo também o público «oportunidade de assistir ao processo de ensaio, no qual serão desvendados em primeira mão alguns excertos das obras».

«Esta é uma contribuição, à nossa escala, para contrariar os tempos de dificuldade que se vivem no apoio à cultura e à música erudita, dificuldades ainda maiores no que diz respeito aos grupos amadores», destaca o presidente da Direção do coro, Pedro Boleó-Tomé.

Parte do financiamento do projeto foi conseguido através de uma campanha de levantamento de fundos lançada pela internet, que a Pastoral da Cultura divulgou em novembro de 2016.

O concerto de estreia está previsto para 8 de julho, na igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa. O Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa vai realizar a edição da partitura, que assim fica disponível para qualquer agrupamento.

A oração "Regina Coeli", recitada especialmente entre os 50 dias desde a Páscoa ao Pentecostes, associa o nascimento de Jesus à sua ressurreição: «Rainha do Céu, alegrai-vos, Aleluia!/Porque aquele que merecestes trazer em Vosso ventre, Aleluia! // Alegrai-vos e exultai, ó Virgem Maria, Aleluia!/Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!».

O Coro Regina Coeli de Lisboa, fundado em 1966 pelo maestro António Joaquim Lourenço, é formado por cerca de 40 elementos que interpretam «um repertório muito vasto e variado do qual fazem parte obras "a capella" do séc. XVI ao séc. XX, bem como as obras corais-sinfónicas do período barroco ao moderno e contemporâneo».



 

SNPC
Publicado em 02.05.2017

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos