Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Ciclo de órgão destaca compositoras e intérpretes femininas

O 5.º Festival Internacional de Órgão de Braga, que decorre entre 27 de abril e 6 de maio, com entrada gratuita, vai dar destaque a obras compostas e interpretadas por mulheres.

O tema desta edição é «o órgão e a música no feminino», com os concertos «entregues a prestigiadas organistas, vindas de vários pontos de Portugal (Açores, Lisboa, Leiria, Porto) e ainda da Rússia, Suíça, Polónia e Espanha», refere uma nota enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

«O elemento diferenciador deste Festival é a associação do rei dos instrumentos (órgão) a outros instrumentos, em alguns casos inusitados». Em 2018 associam-se instrumentos como flauta transversal, oboé, trombone e percussões, depois de já terem sido convocados a gaita de foles e o saxofone.

O programa, que inclui o lançamento do concurso de composição para órgão “Prémio Pedro de Araújo”m valoriza os instrumentos históricos, «na sua maioria com mais de 300 anos, e dos quais Braga possui um dos maiores e mais importantes conjuntos nacionais e mundiais, com 46 órgãos históricos».

Durante o Festival será inaugurado o restauro de dois instrumentos, nas igrejas do Pópulo e do Salvador, que se juntam «aos 15 já em funcionamento e ficarão ao serviço das Comunidades, contribuindo para a maior solenidade das celebrações religiosas, mas ficando também ao serviço da cultura para a realização de visitas e concertos».

À semelhança dos anos anteriores, a iniciativa salienta um dos instrumentos existentes na cidade: «Com o tema ligado à figura feminina, colocamos em destaque o órgão de tubos da igreja da Conceição, antigo convento feminino e que atualmente desempenha uma missão importante em prol da proteção de mulheres e jovens».

No interior do convento encontra-se a igreja da Conceição, «uma das mais belas igrejas de Portugal, tida com uma joia do barroco».

«O anonimato que a mulher música teve surge, no órgão desta igreja, bem explícito no facto da organista ter que tocar no interior do próprio instrumento, longe dos olhares e “escondida” por uma grade», revela a organização.

O instrumento e o convento podem ser melhor conhecidos a 5 de maio, às 11h00, através de uma visita guiada. Durante o percurso o público «terá a oportunidade única de assistir a um recital de órgão dentro do espaço da clausura».

«No contexto de apoio à jovem criação, será apresentada em estreia absoluta uma composição musical, para órgão e orquestra, do jovem compositor bracarense Francisco Fontes, que coincide com a inauguração do restauro do órgão na igreja do Pópulo», refere a nota de imprensa.

Será também apresentado o CD com os melhores momentos da edição de 2017. À semelhança dos discos referentes a anos anteriores, o CD é acompanhado de um libreto com informações sobre o Festival, os órgãos e os vários concertos.

 

Programa

27 de abril

Concerto “Com órgãos e tambores”
Isabel Albergaria, Isabel Silva e Daniela Moreira
21h30

28 de abril
Igreja de São Vítor
Concerto Jovens Músicos
Com os alunos das Academias e Conservatórios do Norte
11h00

28 de abril
Igreja do Pópulo
Concerto de inauguração do órgão
“Mozart: com órgão e orquestra”
Olga Zhukova e orquestra Sinfonietta
21h30

29 de abril
Igreja da Misericórdia
Concerto “Órgão & Flauta transversal”
Agnieszka Kosmecka e Anna Rozińska
16h00

4 de maio
Igreja de São Vítor
Concerto “Órgão & Oboé barroco”
Saskia Roures e Francisco Gil
21h30

5 de maio
Igreja da Conceição (IMA)
Visita guiada, “Concerto” de Palavras e Recital de Órgão
11h00

5 de maio
Igreja de Santa Cruz
Concerto “Órgão e orquestra feminina”
Marisol Mendive e Orquestra da Universidade do Minho
21h30

6 de maio
Igreja do Salvador
Inauguração do órgão
Concerto “Órgão, trombone e coro feminino”
Rute Martins, Mário Teixeira e Coro Feminino do Conservatório do Vale do Sousa
18h00



 

SNPC
Imagem: Fotokon/Bigstock.com
Publicado em 17.04.2018

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos