Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Ano Europeu do Património Cultural pode ser oportunidade para a Igreja valorizar o seu legado

A Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia (COMECE) considera que o Ano Europeu do Património Cultural «é uma iniciativa muito positiva» para o continente.

A iniciativa «pode representar uma oportunidade para a Igreja valorizar a sua herança e assegurar uma melhor visibilidade e acessibilidade ao património religioso para o público», refere o organismo católico em nota de imprensa.

«Num tempo de divisão e incerteza no interior da União Europeia, o Ano Europeu do Património Cultural pode potenciar o sentido de comunidade entre nações e povos europeus», sublinha o comunicado.

Tendo como delegado português o arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, a COMECE organiza a 31 de janeiro, em Bruxelas, uma conferência sobre a promoção do património cristão na Europa.

O encontro conta com a participação do comissário europeu para a Educação, Cultura, Juventude e Desporto, Tibor Navracsics, e do secretário do Conselho Pontifício da Cultura, o bispo Paul Tighe, que profere a conferência “Beleza tão antiga – tão nova: Património religioso na Europa, um tesouro para todos os europeus”,

O programa inclui a apresentação de quatro exemplos de boas práticas na promoção da herança cristã, como o restauro da capela de S. Martinho, na Croácia (um dos vencedores do Prémio da União Europeia para o Património Cultural/Europa Nostra), o caminho de peregrinação de S. Columbano, o legado musical de Samogitia, na Lituânia, e a catedral de Chartres, em França.



 

SNPC
Fonte: COMECE
Imagem: Capela de S.Martinho, Stari Brod, Croácia
Publicado em 15.01.2018

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos