Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

A oração da realidade

Imagem Janela para a natureza, Ligachevo, maio (det.) | Konstantin Yuon | 1928 | D.R.

A oração da realidade

Entre as muitas tristezas espirituais do mundo contemporâneo está a incapacidade de saber ler na natureza que nos rodeia uma extraordinária oferta de Graça que se manifesta através da gratuidade da beleza.

Amedrontados pelo poder de tudo o que está vivo e foge ao nosso domínio, decidimos refrear também a Criação numa rígida ideologia. Todos nós queremos salvar a Terra – e é absolutamente justo fazê-lo –, mas no fundo não sabemos verdadeiramente porquê.

Recordo a visita, há alguns anos, de uma jornalista muito comprometida nas batalhas ecológicas. Quando a acompanhei na minha horta, conseguiu pisar praticamente todas as plantinhas que estavam timidamente a desabrochar.

Continuava a falar desabridamente e quando a adverti – atenção às minhas cenouras! –, não baixou os olhos nem levantou o pé. Com o olhar obstinadamente fixo no horizonte, continuou a falar-me, imperturbável, das baleias. Defendia as baleias mas esmagava as cenouras!

Quantas vezes, para seguir uma ideia da nossa cabeça, não conseguimos ver a realidade que está debaixo dos nossos olhos. Essa realidade implora a nossa atenção, mas não somos capazes de ouvir a sua frágil e humilde voz.

E todavia, não é precisamente o assumir o cuidado por tudo o que vive e cresce à nossa volta, com a pressurosa atenção de uma mãe, a cura de todos os nossos males?

 

Susanna Tamaro
In "Avvenire"
Trad.: Rui Jorge Martins
Publicado em 25.05.2016

 

 
Imagem Janela para a natureza, Ligachevo, maio (det.) | Konstantin Yuon | 1928 | D.R.
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos